Governador/RS debate com juventude rural prioridades para o campo
CI
Agronegócio

Governador/RS debate com juventude rural prioridades para o campo

Tarso propôs a criação de um grupo técnico de trabalho com a participação dos jovens
Por:
Tarso propôs a criação de um grupo técnico de trabalho com a participação dos jovens
 
Sucessão no campo, educação rural, assistência técnica e acesso à terra foram alguns dos temas debatidos em reunião realizada com o governador Tarso Genro, e o secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Ivar Pavan, nesta segunda-feira (24), no Palácio Piratini com um grupo de jovens rurais representando várias entidades ligadas ao campo. Após a apresentação das solicitações do grupo ao Governo do Estado, Tarso propôs a criação de um grupo técnico de trabalho, com a participação dos jovens, que deverá debater e trazer propostas que possam ser incluídas na 3º edição do Plano Safra Gaúcho.

"Muitas reivindicações devem ser contempladas no Plano Safra 2012/2013", adiantou o chefe do Executivo. "Cada um dos pontos apresentados será transformado em uma proposta objetiva de resposta ao movimento dos jovens. O que for de responsabilidade do Governo do Estado, responderemos. O que for de competência da União será devidamente encaminhado. Podemos responder a várias pautas a partir das políticas implementadas pelo Governo gaúcho", afirmou o secretário Pavan.

No final de outubro, os jovens devem retornar ao Piratini, desta vez, para participar de uma reunião de trabalho, na qual serão apresentadas e discutidas com representantes do Governo, SDR e a Secretaria Estadual de Educação, as propostas da juventude. Na pauta do encontro desta segunda-feira estiveram as políticas estruturantes (que garantam condições de permanência da juventude no campo), com investimentos em educação, assistência técnica, acesso à terra, crédito fundiário, comunicação (Internet), entre outros pontos.

Os jovens demonstraram bastante preocupação com a falência da agricultura familiar, que pode ocorrer, segundo eles, pela falta de sucessores no campo e pelo crescimento do agronegócio. Com o início da discussão envolvendo, de forma inédita, Governo e juventude rural, o governador crê que o Rio Grande do Sul pode ser protagonista e um berço de novas políticas que possibilitem novas perspectivas para os jovens do campo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink