Governo do SE intermedia venda direta do produtor de arroz à Conab
CI
Agronegócio

Governo do SE intermedia venda direta do produtor de arroz à Conab

A primeira comercialização de 2012 agradou ao rizicultor
Intermediar a venda direta de arroz do produtor do baixo São Francisco à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), foi o que realizou o governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (Seagri), durante a semana, redundando em 15 mil quilos comercializados, um bom negócio que rendeu em torno de R$8 mil ao rizicultor.

PRIMEIRA VENDA DE 2012

A primeira negociação de 2012, obedeceu aos trâmites da politica de Garantia de Preço Mínimo, beneficiando o rizicultor Francisco Almeida dos Passos, 73 anos, com área em Propriá, aonde foi realizada esta primeira venda de 2012, e com área também no perímetro Cotinguiba. Ele afirmou essa colheita foi muito boa e a que está por vir, será muito melhor. Destacou a qualidade da semente que foi doada pelo governo do Estado aos agricultores do Baixo São Francisco, ressaltando que, em função desse insumo, a produtividade média da colheita que está se efetivando, será superior a 9 toneladas por hectare, quando em anos anteriores, sem o benefício de sementes com essas características, a produtividade chegou a apenas 5 toneladas por hectare.

COMERCIALIZAÇÃO

Sobre a preocupação do governo do Estado quanto a comercialização por parte dos pequenos agricultores, Francisco dos Passos enfatizou que essa aproximação que vem sendo feita, representa a certeza de bons negócios, pois a presença da Conab na região, provoca o equilíbrio nos preços ofertados, diante da certeza que os compradores terão de que, caso não ofertem preços que agradem os produtores, ficarão sem o produto para o atendimento às demandas de outros Estados. “A continuação dessa parceria é que mostrará esse caminho mais seguro para os pequenos agricultores, pois a Conab paga rápido, e o que vinha acontecendo deixava nós produtores à mercê dos compradores, que além do valor menor ofertado pelo nosso arroz, ainda ocorria a demora no pagamento pela nossa produção”.

PARCERIA COM A EMDAGRO

Para Manoel Meneses de Jesus, representante da Conab em Sergipe, o Governo Federal promove essa parceria com o governo de Sergipe promovendo um apoio seguro ao pequeno produtor, coma garantia do preço mínimo. Ele ressaltou que Portaria do Ministério da Agricultura, a quem a Conab é vinculada, liberou R$ 10 milhões, assegurando assim a aquisição de 1.500 toneladas em recursos.

Manoel Meneses referendou a importância do trabalho da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe nesse processo, realizando a classificação dos produtos agrícolas adquiridos pela Conab, o que nos propicia uma segurança, justiça na remuneração, em razão comprovada capacidade dos técnicos da Empresa.

PRIORIDADE PARA O PEQUENO AGRICULTOR

Para o Secretário José Macêdo Sobral, da Agricultura, a condução da política do governo estadual para o setor agropecuário, prioriza a assistência técnica através da Emdagro, para a Agricultura Familiar, por representar disparadamente o maioria das unidades rurais em Sergipe, promovendo pelo seu trabalho, a geração de emprego e renda no campo. Asseverou que o Governo, através da Seagri e suas vinculadas, dissemina orientações sobre o desenvolvimento de culturas, pugnando pela diversificação em todo Estado, direcionando o corpo técnico do Estado para sempre focar a produção com paridade no mercado, justificando que agindo desta forma, as demandas de mercado vão formatando as investidas em novos cultivos, agregados à comercialização.

José sobral afirmou que, o Governador Marcelo Deda tem buscado as políticas públicas de âmbito federal para que sejam utilizadas pelo nosso agricultor, somando-se às políticas estaduais, propiciando assim a condução segura de um programa em operação, a exemplo da intermediação com o Ministério da Agricultura através da Conab, garantindo o comércio, além de ampliar as expectativas de êxito com a diversificação de culturas seguras e com mercado, que vem sendo incentivada em todo Estado, de acordo com as características de cada região, concluiu.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.