Governo e segmento de cereais de olho no mercado chinês
CI
Agronegócio

Governo e segmento de cereais de olho no mercado chinês

Brasil responde com 11 milhões de toneladas de milho para diferentes mercados
Por:
Brasil responde com 11 milhões de toneladas de milho para diferentes mercados
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, recebeu o diretor-geral da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Sérgio Mendes, para discutir o apoio às exportações de cereais, especialmente o milho para a China. O encontro foi na sede do ministério, em Brasília, nesta quarta-feira, 11 de julho.

Mendes Ribeiro acolheu a demanda do setor e disse que o Governo está atento e trabalhando para atender o segmento que, atualmente, é responsável pela exportação de 30 milhões de toneladas de soja e 11 milhões de toneladas de milho para diferentes mercados mundiais. No caso da soja, mais de 65% das exportações brasileiras seguem para a China. Segundo o dirigente, a intenção é abrir esse mercado também para o milho.

A China continua sendo o principal mercado das exportações do agronegócio brasileiro, com uma participação de 20,3%, seguida dos Estados Unidos. “Por ser um importante parceiro, estamos atentos à questão da China”, disse Mendes Ribeiro. No caso específico do milho, o ministério está negociando a operação.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.