CI

Governo entrega silo de armazenamento de leite e novilhas prenhes para produtores

Investimentos beneficiam cooperativa que reúne 140 produtores de leite


Foto: Alexandre Teixeira

A Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (Seaf) realizou a entrega de um silo de armazenamento de leite com capacidade para 40 mil litros e 30 novilhas prenhes a produtores familiares em Alta Floresta, como parte de um esforço para fomentar a cadeia produtiva do leite no estado de Mato Grosso. Esses investimentos ultrapassaram o valor de R$ 1,3 milhão.

Esta iniciativa é integrada ao Programa MT Produtivo Leite, uma colaboração entre a Seaf, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Cooperativa Agropecuária Mista Ouro Verde (Comov), que reúne 140 produtores de leite na região.

Antônio Favarin Sobrinho, presidente da Comov, destacou que os investimentos governamentais têm sido fundamentais para a transformação na vida dos produtores locais, evitando que o novo silo dobre a capacidade de armazenamento do leite recebido das propriedades, alcançando um total de 70 mil litros.

Além do silo e das novidades, o apoio do Governo do Estado tem sido um impulsionador significativo para a produção de leite em Alta Floresta, conforme enfatizado pelo presidente da cooperativa.

Desde 2019, com o suporte do estado, a cooperativa se estruturou, fortaleceu suas bases e ampliou consideravelmente sua produção.

Atualmente, o local processa mensalmente cerca de 400 mil litros de leite, originando 11 variedades de produtos, incluindo bebidas lácteas, manteiga, doce e três tipos de queijo, além do leite pasteurizado destinado à merenda escolar.

As novidades, da raça girolando ½ sangue, são um incremento essencial para aumentar a rentabilidade, devido à alta produtividade de leite que essa raça oferece.

"Temos buscado melhorar a produção de leite, que representa a principal atividade econômica de muitos municípios mato-grossenses. O Estado está fornecendo estrutura para que os produtores possam aumentar sua produtividade, através do melhoramento genético, mecanização da produção e outros investimentos", enfatizou Teté Bezerra, secretária estadual de Agricultura Familiar.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.