Governo estuda ação para o milho
CI
Agronegócio

Governo estuda ação para o milho

Medida seria uma forma de garantir remuneração ao produtor, o que, em parte, auxiliaria a manutenção de agricultores na atividade
Por:

O Ministério da Agricultura (Mapa) estuda a possibilidade de subvencionar a compra de milho por meio do mercado futuro. A ideia foi apresentada ontem(26) na reunião conjunta das Câmaras Setoriais de Aves e de Suínos, em Brasília. Segundo o coordenador-geral de Cereais e Culturas Anuais do Mapa, Sílvio Farnese, ainda não há definições mas já foram realizadas conversas com a BM&FBovespa e o Banco do Brasil para criar uma ferramenta de subvenção. "A lógica seria muito próxima da aplicada no Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), mas usando instrumentos da bolsa."

Para o presidente-executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Odacir Klein, a medida seria uma forma de garantir remuneração ao produtor, o que, em parte, auxiliaria a manutenção de agricultores na atividade.

O dirigente ainda destacou que o Brasil não pode continuar com o cenário de total desestímulo ao plantio da primeira safra. Segundo ele as diferentes regiões produtoras do país estão contabilizando redução de área plantada e consequentemente de produção. "Não há política de garantia de preços, somente na segunda safra quando são usadas as ferramentas como PEP e Pepro", contesta. "Infelizmente se passa metade do ano com preço achatado." No encontro o diretor de mercado da Abipecs, Jurandir Machado, apresentou os cenários do mercado de carnes que prevê aumento de produção de bovinos (6,6%), aves (27,1%) e suínos (18,8%) de 2006 até o ano de 2012.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink