Governo ofereceu nova proposta aos grevistas

Agronegócio

Governo ofereceu nova proposta aos grevistas

O governo havia oferecido um aumento de 20,3% e a divisão seria de 12,4% em 2008, outros 3,9% em 2009 e mais 4% em 2010
Por:
77 acessos

O secretário executivo do Ministério da Agricultura, Silas Brasileiro, apresentou nessa quinta-feira (13-09), durante reunião com parlamentares e representantes do comando de greve, uma nova proposta aos fiscais federais agropecuários diminuindo de três para dois anos o parcelamento do reajuste salarial. O governo havia oferecido um aumento de 20,3% e a divisão seria de 12,4% em 2008, outros 3,9% em 2009 e mais 4% em 2010. Agora aceita conceder 12,4% em fevereiro de 2008 e 7,9% no mesmo mês de 2009.

Segundo o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS), líder da bancada do agronegócio e um dos intermediadores das negociações com o Planalto, a questão será avaliada isoladamente nos estados e na próxima segunda-feira (17-09) a categoria define pelo fim ou não da paralisação. "O setor produtivo está sendo muito prejudicado pela insensibilidade do governo. Também espero que agora os profissionais voltem ao trabalho".

Na negociação também ficou acertado que os fiscais terão equiparação com os servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que tem previsão de aumentos anuais de 5,37% até 2010 e ainda um incentivo para os que fizerem cursos de especialização. Futuros reajustes também ficariam atrelados à nova condição. A paralisação dos servidores reiniciou no último dia 28 de agosto e tem deixado um acúmulo de cargas paradas em portos e em pontos de fiscalização.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink