Governo quer aumentar controle de defensivos

Agronegócio

Governo quer aumentar controle de defensivos

"O setor agropecuário tem mais inovação, mais vantagem competitiva e capital para investimentos"
Por:
2168 acessos

O governo estadual pretende, no ano que vem, encaminhar projeto de lei à Assembleia Legislativa de São Paulo para endurecer as medidas de controle dos agrotóxicos utilizados nas lavouras paulistas.

A informação é do secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, que visitou ontem o Comércio. Após deixar o jornal, ele se dirigiu a Barra Bonita para participar da abertura do Movimento Engenharia Unida, evento realizado pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE).

“Os defensivos precisam ser usados com racionalidade e parcimônia”, diz Jardim. “Temos quantidade de comida suficiente, mas agora iremos atuar na alimentação mais saudável.” Uma das ações em curso é o treinamento de pessoas que aplicam os defensivos.

Para 2017, a pasta irá consolidar o apoio à agricultura familiar, fortalecer institutos ligados à secretaria, diminuir a distância entre o conhecimento dos órgãos técnicos da pasta e a produção e continuar a incentivar as 350 associações e cooperativas beneficiadas pelo Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias 2 – Acesso ao Mercado, quatro delas situadas na região de Jaú.

O secretário mencionou também mudança na política nacional em relação ao cancro cítrico e ao greening, que atacam a citricultura. Antes, a legislação exigia a erradicação de plantas doentes e árvores do entorno. Agora, o produtor pode segregar apenas os pés com as doenças.

Segundo Jardim, diante das dificuldades econômicas vividas pelo País, a agropecuária mostrou que pode ser uma alternativa viável. “Na crise mais aguda, o setor agropecuário evitou que a recessão viesse de forma mais dramática”, afirma. “O setor agropecuário tem mais inovação, mais vantagem competitiva e capital para investimentos.”


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink