Governo/RS sanciona projeto de lei que amplia repasse ao setor vitivinícola


Agronegócio

Governo/RS sanciona projeto de lei que amplia repasse ao setor vitivinícola

Meta é ampliar a representatividade do setor na economia
Por:
865 acessos
Maior produtor de vinhos e uvas do País, o Rio Grande do Sul adotou mais uma iniciativa para o fortalecimento da cadeia vitivínicola. Em cerimônia no Palácio Piratini, o governador em exercício, Adão Villaverde, sancionou nessa quarta-feira (11) as alterações no projeto de lei que determina o repasse de 50% dos recursos recolhidos junto a estabelecimentos vitivinícolas diretamente ao Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Villaverde também sancionou o PL que amplia a composição do Conselho Deliberativo da entidade.


O Chefe do Executivo em exercício disse que o ato simboliza a importância do setor vitivinícola no Estado e a necessidade de ampliar os investimentos para a produção de sucos de uva, vinhos e espumantes. Acompanhado do secretário de Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, e do presidente do Conselho Deliberativo da Ibravin, Alceu Dalle Molle, Villaverde afirmou que o ato transforma em realidade um compromisso do Governo do Estado com os produtores. "Cerca de 25 mil famílias trabalham em torno da vitivinicultura. Existem mais de mil cantileiros produzindo vinho, elaborando suco de uva, e isso tem enorme significado social".

Além de destacar que o aumento do repasse possibilitará a promoção dos produtos gaúchos, Villaverde explicou que a meta é ampliar a representatividade do setor na economia, que atualmente corresponde a 1% do PIB gaúcho - equivalente a R$ 2,7 bilhões. "Combina o peso do PIB com geração de emprego, de renda, e o resgate da cultura, que é indissociável do exercício e da consolidação do setor", avaliou. Villaverde acrescentou que um maior número de vagas no Conselho Deliberativo aprofundará o debate sobre temas importantes, como o selo fiscal.


Mainardi afirmou que a sanção dos projetos atende uma reivindicação dos segmentos que compõem a cadeia produtiva. "A ampliação do Conselho possibilita que outras vozes se manifestem com expressão e representação nesse segmento que cresce a cada dia", destacou. Mainardi lembrou que o repasse de 50% ao Ibravin vai impulsionar o setor e reforçar as ações de promoção e divulgação de vinhos, sucos e espumantes.

Representante da Ibravin, Alceu agradeceu a presença de representantes do setor na cerimônia e afirmou que em poucos anos o setor vai elevar a sua participação na economia gaúcha. "Nos últimos anos, fizemos um ótimo trabalho com os recursos que foram disponibilizados e conseguimos atingir um PIB de 1% da nossa economia. Com as medidas adotadas pelo Governo do Estado, como as de hoje, o setor vitivinícola em poucos anos vai dobrar a sua participação no PIB do Estado", salientou.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink