Greve dos fiscais atrapalha exportação de carne

Agronegócio

Greve dos fiscais atrapalha exportação de carne

Uma fila superior a 2 quilômetros de caminhões carregados com cargas agropecuárias (carne, grãos e frutas) já se formava às margens da BR-277
Por:
45 acessos

A greve dos fiscais federais agropecuarios completa nesta terça-feira (31-07) uma semana e meio ao completo silêncio do governo, segundo Clemente Martins, presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do Ministério da Agricultura do Estado do Paraná (Affama/PR). Em Paranaguá, na sexta-feira (27-07) já havia o acumulo de 300 processos de exportação de carne.

Em Foz do Iguaçu, uma fila superior a 2 quilômetros de caminhões carregados com cargas agropecuárias (carne, grãos e frutas) já se formava às margens da BR-277. Martins conta ainda que os pátios dos postos de combustíveis próximos a Estação da Aduana em Foz estavam lotados.

No Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, a situação é mais tranquila. Embora os fiscais agropecuários trabalhem apenas com produtos de origem animal e vegetal, a maioria das peças importadas pelas montadoras vem embaladas em caixotes de madeira. Pelo código florestal, toda madeira que entra no País deve ser fiscalizada a fim de evitar pragas. Na semana passada, Greve dos fiscais atrapalha exportação de carne no PortoGreve dos fiscais atrapalha exportação de carne no Porto. (AE)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink