Grupo Kepler Weber especializa planta de Campo Grande

Agronegócio

Grupo Kepler Weber especializa planta de Campo Grande

Campo Grande/MS passará a produzir toda a linha de secadores da Kepler Weber
Por: -Renata
364 acessos

O Grupo Kepler Weber, empresa brasileira líder de mercado no segmento de armazenagem de grãos, informa que assinou nesta quinta-feira, dia 27, um termo de acordo com o Governo do estado do Mato Grosso do Sul para a especialização da sua planta industrial localizada no Pólo Industrial de Campo Grande/MS. De acordo com a nova estratégia da empresa, de especialização de suas unidades fabris, Campo Grande/MS passará a produzir toda a linha de secadores da Kepler Weber, enquanto que Panambi/RS focará em todos os demais produtos relacionados a sistemas de armazenagens de grãos.

Com isto, a planta de Campo Grande/MS deverá duplicar, até o final do mês de outubro deste ano, o número de colaboradores locais, com expectativa de atingir cerca de 120 colaboradores até junho de 2010, de acordo com a resposta do mercado. Para a execução desta nova estratégia, haverá troca de máquinas e equipamentos entre as unidades. Fez parte das negociações junto ao Governo do estado do Mato Grosso do Sul a extensão dos benefícios fiscais para a Kepler Weber até 2018, o que permitirá à empresa o fortalecimento desta estratégia de especialização, fazendo com que a unidade de Campo Grande/MS sirva de plataforma de crescimento das operações da empresa para enfrentar os novos desafios no mercado interno e externo.

A empresa também informa que participará da EXPOINTER 2009, realizada na cidade de Esteio/RS, onde apresentará ao público a sua nova linha KW FAZENDA, produto com a reconhecida qualidade Kepler Weber e preços competitivos, que atenderá pequenos e médios produtores. Esta linha, que é modular, pode ser ampliada à medida que o agricultor aumentar sua produtividade, viabilizando melhorias no manejo de grãos. Além disso, permitirá o armazenamento de seus produtos de maneira adequada, capacitando os agricultores a manterem parte de sua produção para vendas em períodos do ano, onde os preços são mais interessantes. As informações são da assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink