Grupo Vittia compra Vitória Fertilizantes
CI
Imagem: Divulgação
MERCADO

Grupo Vittia compra Vitória Fertilizantes

Aquisição fortalece oferta no mercado de fertilizantes organominerais
Por: -Eliza Maliszewski


O Grupo Vittia, empresa brasileira de biotecnologia e insumos agrícolas anuncia a aquisição da Vitória Fertilizantes, empresa de Patos de Minas (MG) de fertilizantes organominerais. Com isso o grupo que trabalha com fertilizantes especiais, inoculantes e defensivos biológicos também expande mercado em organominerais sendo uma referência neste segmento.

A unidade da Vitória Fertilizantes conta com uma moderna estrutura de 70 mil metros quadrados e capacidade produtiva superior a 10 mil toneladas de fertilizantes/mês, com foco em dobrar a produção atual. Além disso há no local um moderno laboratório de análise de solo e foliar onde é possível detectar exatamente qual a necessidade da lavoura e recomendar a melhor fórmula e dose de fertilizantes para alcançar maior produtividade.

A empresa de fertilizantes consegue transformar, através de processos biológicos, resíduos da produção vegetal e animal (Composto de Barn) em materiais orgânicos de qualidade agronômica, que são enriquecidos com nutrientes e se tornam fertilizante de elevada eficiência. As formulações produzidas nesta unidade são disponibilizadas fareladas ou peletizadas, atendendo às tecnologias de aplicação de fertilizantes na maior parte das culturas agrícolas e produtores rurais com eficiência operacional.

"A Vitória possui mais de uma década de profundo conhecimento na produção de fertilizantes organominerais e nutrição de plantas, que agora se une à experiência do Grupo Vittia para trazer ao produtor brasileiro o que há de mais moderno neste segmento", afirma o engenheiro agrônomo José Roberto Pereira de Castro, diretor de Marketing do Grupo Vittia.

Com a aquisição o grupo passa a incorporar todo patrimônio intelectual e de pessoas da Vitória Fertilizantes liderado pelo seu atual diretor Alisson Marques Fernandes. E cerca de 300 novos clientes passam a fazer parte da carteira do Grupo, com desenvolvimento e foco em bioinsumos. "Com isso também, evidenciamos a importância de fomentar insumos que estimulam a economia circular, dentro de nossos objetivos", complementa Castro.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink