Mormo

Habilitação de médicos veterinários para a doença mormo é realizada em Indaiatuba e São Paulo

O treinamento para habilitação de médicos veterinários será realizado nos dias 14 e 15 de maio
Por:
344 acessos

O treinamento para habilitação de médicos veterinários da iniciativa privada para a colheita e envio de amostras para diagnóstico laboratorial de mormo será realizado nos dias 14 e 15 de maio, no Hospital Escola Veterinário (Faculdade Max Planck) em Indaiatuba, e nos dias 16 e 17 no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), na Capital.

Uma série de treinamentos está sendo realizada pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, em parceria com o CRMV-SP em cumprimento da Instrução Normativa do (IN) nº 6, de 17 de janeiro deste ano, publicada pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que aprovou as diretrizes gerais para prevenção, controle e erradicação do mormo no Território Nacional.

“O objetivo é ao final dessa rodada de treinamento, termos alcançado 2300 médicos veterinários da iniciativa privada treinados e aptos a dar início ao processo de habilitação para colheita do material”, disse a médica veterinária Fernanda Magrinho, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que atua junto à Coordenadoria.

A proposta do Ministério para a erradicação da doença no Brasil é que os Estados adotem os critérios para o reconhecimento e manutenção de zonas livres do mormo e comprovem, por estudos epidemiológicos, que a doença está ausente em no máximo 3 anos.

Os próximos cursos serão realizados dias 21 e 22 de maio em Sorocaba e dia 24 de maio em Campos do Jordão, que ocorrerá juntamente à XIX Conferência Anual da Abraveq, reunindo médicos veterinários de todo o Brasil.

As inscrições para os treinamentos são realizadas por meio do site da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (www.defesa.agricultura.sp.gov.br).

A doença Mormo - O mormo acomete os equídeos (cavalos, asininos e muares) por meio da bactéria Burkholderia mallei, que tem potencial zoonótico (pode ser transmitido a seres humanos), e para a qual não há cura nem prevenção por vacinas.

Serviço

Treinamento para habilitação de médicos veterinários para colheita e envio de amostras para diagnóstico laboratorial de mormo
Dia 14 das 13 às 17h e dia 15, das 8 às 12 horas
Local: Hospital Escola Veterinário – Faculdade Max Planck - Fazenda-Espírito Santo - Rod. João Ceccon, Km 4 - Jd. Altos do Bela Vista, Indaiatuba – SP

Dia 16 das 13 às 17h e dia 17, das 8 às 12 horas
Local: Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo – CRMV-SP - Rua Apeninos, 1088 - Paraíso, São Paulo - SP
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink