Helicoverpa: Ministério Público pede proibição do benzoato de emamectina

Agronegócio

Helicoverpa: Ministério Público pede proibição do benzoato de emamectina

Molécula foi liberada pela Instrução Normativa Nº 12, em 2013
Por: -Leonardo Gottems
11498 acessos

O Ministério Público Federal (MPF) quer anular o decreto do Ministério da Agricultura (Mapa) que autoriza a utilização de defensivos agrícolas à base benzoato de emamectina para controle da Helicoverpa Armigera. A molécula teve seu uso liberado através da Instrução Normativa Nº 12, de 18 de Abril de 2013, para alguns estados que anunciaram estado de emergência fitossanitária.  

A Procuradoria alega que a decisão do Mapa fere a legislação brasileira ao permitir a compra de agroquímico sem registro no país. Sustenta ainda que o benzoato de emamectina tem elevada neurotoxicidade, razão pela qual solicita liminar suspendendo a importação e imediato recolhimento dos produtos que estejam disponíveis no mercado.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirma que os fitossanitários à base de benzoato de emamectina ainda estão sob avaliação do órgão.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink