Heringer tem lucro líquido de R$ 60,1 milhões no segundo trimestre de 2009

Agronegócio

Heringer tem lucro líquido de R$ 60,1 milhões no segundo trimestre de 2009

Vendas de produtos especiais cresceram 12,9% no período, representando 31% do volume de entregas
Por: -Janice
650 acessos

- A Fertilizantes Heringer SA (Bovespa: FHER3), uma das pioneiras na produção, comercialização e distribuição de fertilizantes e entre as três maiores empresas de fertilizantes do Brasil, atingiu lucro líquido de R$ 60,1 milhões no segundo trimestre de 2009. Nos seis primeiros meses do ano, o lucro líquido somou R$ 64,9 milhões.

A receita líquida da Heringer no segundo trimestre totalizou R$ 582,3 milhões, enquanto as entregas somaram 627,4 mil toneladas no período. No semestre, a receita líquida foi de R$ 1,222 bilhão e as entregas atingiram 1,299 milhão de toneladas.

Já o volume de vendas dos produtos especiais cresceu 12,9% de abril a junho e 9,7% nos seis primeiros meses do ano. A participação desses produtos nas vendas totais da Companhia no segundo trimestre e no primeiro semestre representou 31% e 26%, respectivamente.

A Companhia registrou ainda um incremento de 21,9% na base de clientes entre abril e junho de 2009. Nos últimos 12 meses, a base de clientes totalizou 38,7 mil, contribuindo para o crescimento da participação de mercado.

Perspectivas para o segundo semestre

Wilson Mardonado, diretor de Controladoria e de Relações com Investidores da Heringer, assinala que a indústria de fertilizantes deve viver um processo de recuperação em 2009. "É estimado um volume de entrega de 23 milhões de toneladas nesse ano, além da volta da sazonalidade histórica, com aproximadamente 35% de vendas no primeiro semestre e 65% no segundo. Os estoques também estão ajustados, reflexo da queda das importações e da produção local no primeiro semestre".

De acordo com o executivo, a partir do segundo semestre a volatilidade dos preços das matérias-primas de fertilizantes deve ser menor que a verificada desde agosto de 2008. Segundo ele, os atuais preços favorecem o agronegócio em 2009, pois permitem melhor relação de troca de fertilizantes por produtos agrícolas.

Em relação ao mercado de capitais, Mardonado destaca o retorno do investidor estrangeiro à Bolsa no cenário pós-crise. As ações da Heringer acumulavam valorização de 186,8% em 2009, até o dia 31 de julho. No mesmo período, o Ibovespa, principal índice da BM&FBOVESPA, subiu 45,8%. "Esse avanço se deve à volta do capital estrangeiro, somado ao fortalecimento da economia brasileira e à melhora das perspectivas para o agronegócio brasileiro neste ano", afirma. As informações são da assessoria de imprensa da Fertilizantes Heringer S.A.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink