Híbrido CD 384 garante excelente produtividade na região Oeste do PR

Agronegócio

Híbrido CD 384 garante excelente produtividade na região Oeste do PR

IBGE aponta aumento de 8,5% na produção de milho, em relação ao ano passado
Por:
4612 acessos
IBGE aponta aumento de 8,5% na produção de milho, em relação ao ano passado

As previsões de que 2010 seria um bom ano para o produtor rural brasileiro estão se concretizando em várias regiões do País. Em janeiro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) previa que a safra agrícola 2010 seria 5,2% maior que a registrada em 2009, porém, em outubro, o levantamento indicou crescimento de 11,1%.

No caso do milho, por exemplo, as previsões iniciais não eram boas. O IBGE indicava queda de 3,2%. O produtor não desanimou e investiu nesta cultura mesmo assim. Agora, o instituto aponta aumento de 8,5% na produtividade, em relação ao ano passado. Na região Oeste do Paraná, o milho safrinha apresentou excelente desempenho em vários municípios.

A combinação de clima, tecnologia adequada e sementes de qualidade tem oportunizado a satisfação de produtores associados à Cooperativa Agroindustrial Lar. Quem escolheu os híbridos da Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola – Coodetec não se arrependeu. O agricultor de Itaipulândia, Dali Pavinatto, realizou o plantio de cinco híbridos de milho, sendo dois CD. “Estas sementes (CD 382 e CD 384) foram as que apresentaram melhor desempenho, mas o CD 384 me surpreendeu muito.”

Pavinatto colheu 277 sacas do CD 384 por alqueire e promete aumentar a área no próximo ano. “É o segundo ano que planto esse mesmo híbrido e, pela segunda vez, fico satisfeito com o resultado. Na próxima safra, pretendo aumentar de 5 para 50 alqueires a área destinada a esse milho e vou buscar o CD 384 Hx.”

A Coodetec lançou o híbrido CD 384 Hx neste ano e, segundo o coordenador de marketing e difusão – Sul, da Coodetec, Charles Drummond Ayub, esta variedade, além da alta produtividade, sanidade foliar e estabilidade de produção, garante ao produtor de milho proteção contra a lagarta-do-cartucho e controle da broca-da-cana.

Mais resultados

Outro produtor que optou pelo CD 384 foi Adir Antério Rosso, de Santa Helena. Há 15 anos ele não alcançava tão bons resultados como agora. “Colhi mais de 274 sacas por alqueire com a CD 384. É a primeira vez que planto esse híbrido e fiquei impressionado com o resultado”. Rosso pretende continuar com a Coodetec e, na próxima safra, não vai deixar de lado a uréia. “Neste ano não fiz a aplicação. Se tivesse feito, a produção poderia ter sido até 20% maior”, destacou.

Na região de São Miguel do Iguaçu, também houve plantação de milho CD. Inês Liberalli afirma que até o técnico fez elogios à produção de sua família. “Não vamos mais deixar de plantar esta semente. Neste ano, mesmo com uns dias de estiagem, produziu bem. A plantação estava bonita e trouxe resultados positivos, não tenho queixas”. A produtora alcançou a marca de 256 sacas por alqueire.

Inês e os produtores Dali Pavinatto e Adir Antério Rosso recomendam o híbrido CD 384. Os três afirmaram que esta variedade apresenta sanidade, resistência ao acamamento e deixa uma boa cobertura de palha. Além disso, os agricultores garantem que o acompanhamento de um profissional foi fundamental para a alta produtividade.

As informações são da assessoria de imprensa da Cooperativa Central de Pesquisa Agricola – COODETEC.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink