Hidroponia: Técnica ocupa menos espaço

Agronegócio

Hidroponia: Técnica ocupa menos espaço

A única fonte de nutrientes para as plantas é a solução nutritiva
Por:
22404 acessos

A palavra hidroponia tem sua origem no grego: hidro (água), phonos (trabalho), porém, o termo hidropônico foi criado pelo pesquisador da Universidade da California (EUA), W.F. Gericke na década de 30. Ele transformou o que era uma cultura sem terra, estilo laboratório, em uma técnica de utilização e prática geral. Na produção de alface, da semeadura até a colheita, o ciclo é de 45 dias. As cultivares mais plantadas em hidroponia são lisa (Vitória de Santo Antão), crespa (Vera e Vanda), e americana (Tainá e Lucy Brown). Para a produção de 580 pés de alface/dia, o hidrocultor necessita de 20 bancadas de 30 metros quadrados, com uma área útil de 600 metros quadrados. A produtividade esperada é de 20 plantas por metro quadrado.

A hidroponia é uma técnica de cultivo de vegetais dentro de uma estufa (casas de vegetação), usando água no lugar de terra. Como todo vegetal necessita dos nutrientes retirados da terra, as técnicas de hidroponia visam suprir essa carência através da adição de fertilizantes solúveis na água. As estufas devem ser construídas em locais onde não haja sombra, com disponibilidade de água, energia elétrica, topografia uniforme, não sujeita a ventos fortes. A cobertura deve ser transparente, em polietileno, com espessura de 100 a 200 micras.

A produção de mudas para o cultivo hidropônico é feita com emprego de bandeja de isopor e/ou espuma fenólica, a mais utilizada pelos hidrocultores brasileiros, incluindo Anilo Khum.

Já as bancadas ou mesas de cultivo hidropônico ficam distantes 1 metro (m) da superfície do terreno, com largura de 1,5 m a 2 m. O comprimento é de 10 a 20 metros.

Na hidroponia a única fonte de nutrientes para as plantas é a solução nutritiva, pois, se houver substrato, este é inerte. No caso de cultivo sem solo, basta que o solo não seja utilizado. Um exemplo, é o cultivo apenas em húmus de minhoca.

Quanto aos princípios de funcionamento, as plantas são colocadas em canais ou recipientes por onde circula uma solução nutritiva, composta de água pura e de nutrientes dissolvidos em quantidades individuais que atendam à necessidade de cada espécie vegetal cultivada. Esses canais ou recipientes podem ou não ter algum meio de sustentação para as plantas, o substrato como pedras ou areia. A solução nutritiva tem um controle rigoroso para manter suas características. Periodicamente é feito um monitoramento de pH e de concentração de nutrientes, assim as plantas crescem nas melhores condições possíveis.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink