Hora é de segurar a soja, que pode subir mais

Imagem: Marcel Oliveira

MERCADO BRASIL

Hora é de segurar a soja, que pode subir mais

Fundamentos de alta podem “se consolidar e começarem a produzir efeitos nas cotações”
Por: -Leonardo Gottems
27539 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a sexta-feira (29.05) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 1,05% nos portos, para R$ 107,51/saca (contra R$ 106,39/saca do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 3,79%.

Os analistas da T&F Consultoria Agroeconômica aponta que a recomendação é aguardar pelo menos um mês antes de efetuar novas vendas. Isso porque os fatores fundamentais de alta que se desenham podem “se consolidar e começarem a produzir efeitos de alta nas cotações”.

Segunda a T&F, entre os fatores de alta se alinha o fato de a China estar comprando mais do Brasil, o que leva os prêmios nos portos brasileiros a subir. Além disso, o Dólar no Brasil “tende a subir, levemente, podendo chegar a R$ 6,0 segundo analistas do Bank of America, que são compradores de Real”.

Os analistas apontam ainda como fatores de alta: “Fretes internacionais tendem a subir, depois de haverem caído com o petróleo; Safra americana sendo plantada, entrando na fase de dependência do clima; Brasil esgotando as disponibilidades de soja: mais de 88% da safra velha já está comercializada, restando pouca disponibilidade; Argentina perdendo seu principal ponto de escoamento de grãos, que são os portos do Up-River, devido ao nível baixo da água”.

Como fatores de baixa, a T&F aponta principalmente a volta da Trade War (Guerra Comercial entre China e Estados Unidos), com as cotações da soja em Chicago tendendo a cair. Além dessa, os analistas destacam e safra norte-americana, que está ainda sendo plantada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink