Hortaliças sem agrotóxicos
CI
Agronegócio

Hortaliças sem agrotóxicos

Por:

Belo Horizonte/MG - Hortaliças folhosas, como agrião, alface e couve, e outras como tomate, pimentão, pepino, cenoura e rabanete, são algumas das culturas mais presentes na hidroponia, técnica de cultivo fora do solo em que é possível plantar todos os vegetais. Ao invés de retirar os nutrientes da terra, as plantas absorvem as substâncias necessárias ao crescimento de uma solução que envolve as raízes.

O ambiente em que as plantas são colocadas as deixam menos sujeitas ao ataque de doenças, reduzindo a necessidade de agrotóxicos. O professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Jorge Barcelos, que coordena o Laboratório de Hidroponia (Labhidro), explica que a adição de sais e outros nutrientes na água deixa as plantas mais vistosas e resistentes a doenças e insetos. Um pé de alface requer de 75ml a 100ml do líquido por dia.

Barcelos diz que os defensivos chegam a ser desnecessários. "Quem usa, o faz por desinformação ou porque se apavorou no primeiro ataque", comenta. Quando é necessário repelir insetos, pode-se escolher o chá de marcela, principalmente em frutas, que são mais suscetíveis à presença de pragas, ou pelo soro de leite, no caso de doenças fúngicas, explica o engenheiro agrônomo. Outro produto empregado é a calda bordalesa, composto de sulfato de cobre, cal e água, que visa prevenir enfermidades, em dosagem fraca, com 3 ou 4 aplicações por ciclo.

A estrutura básica do cultivo hidropônico é uma estufa, formada de bancadas feitas de tubos de PVC onde as plantas ficam apoiadas. Uma caixa d´água bombeia para os canais a solução nutritiva, que retorna para o reservatório nos casos de sistema fechado. O professor aponta no mecanismo uma das vantagens da técnica. "A agricultura é o setor que mais consome água no mundo, cerca de 80%, e que mais polui a natureza", diz. "Na hidroponia não há desperdício de água nem de adubo", completa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink