Iapar e Embrapa lançam nova cultivar de batata
CI
Agronegócio

Iapar e Embrapa lançam nova cultivar de batata

BRSIPR Bel e voltada para o mercado de processamento na forma de “chips” e de batata palha
Por:
Como resultado de uma parceria de pesquisa, o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e Embrapa lançaram, durante o XIV Encontro Nacional de Produção e Abastecimento de Batata, uma nova cultivar denominada BRSIPR Bel é voltada para o mercado de processamento na forma de “chips” e de batata palha.

A nova cultivar apresenta potencial produtivo elevado e altos teores de matéria seca em seus tubérculos o que lhe conferem rendimento e qualidade de fritura.

lancamentobatataO lançamento da cultivar de batata foi feito em plenária, com posterior apresentação em dia de campo pelos pesquisadores do Iapar Nilceu Ricetti Xavier de Nazareno e da Embrapa Arione da Silva Pereira e Elcio Hirano.

Também estiveram no evento os pesquisadores Josiane C. de Assis, melhorista de batata, Renato Yagi, da Área de Solos, e o técnico agropecuário do Programa Culturas Diversas, Jocemar F. Campos. Após o lançamento nacional, também serão realizados lançamentos regionais para demonstração das potencialidades desta nova cultivar para a indústria de processados fritos.

Congresso – Uberlândia, Minas Gerais, foi a cidade sede do XIV Encontro Nacional de Produção e Abastecimento de Batata; XXV Congresso da Associação Latino-Americana de Batata; X Seminário Nacional de Batata Semente e a V Batata Show. Estiveram presentes mais de 600 participantes, entre pesquisadores, professores, agrônomos, estudantes e produtores do Brasil e de outros países como Uruguai, Argentina, Peru, Chile, Cuba, Israel, Holanda, Canadá e EUA.

O tema deste evento - “A importância da batata à humanidade e a importância da modernização da cadeia da batata aos países latino-americanos” foi tratado extensivamente por meio de palestras e apresentações orais e na forma de pôsteres, sendo abordadas as cadeias produtivas do Brasil, Peru, Israel, Chile, Holanda e EUA.

As palestras técnicas e exposições orais de trabalhos concentraram-se principalmente em assuntos ligados ao melhoramento genético, irrigação, adubação da cultura e aspectos fisiológicos de pós-colheita.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink