Iapar lança nova variedade de feijão em Ponta Grossa
CI
Agronegócio

Iapar lança nova variedade de feijão em Ponta Grossa

Variedade vai possibilitar ao Paraná permanecer na liderança da produção nacional
Por:
O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) lançou nesta quinta-feira (1º), em Ponta Grossa, a variedade de feijão IPR Campos Gerais. Cerca de 80 técnicos e produtores participaram do encontro, realizado no Polo de Pesquisas da cidade. Também estiveram presentes o secretário da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e o diretor-presidente do Iapar, Florindo Dalberto, além de diversas lideranças ligadas à agropecuária na região.

A IPR Campos Gerais foi desenvolvida por método convencional de melhoramento genético – sem uso de transgenia. Reúne ótimos atributos agronômicos e tem grãos (do grupo comercial carioca) de boa qualidade culinária e nutricional.

Durante o evento, Ortigara afirmou que a nova variedade vai possibilitar ao Paraná permanecer na liderança da produção nacional de feijão. Ele também ressaltou a importância dos investimentos públicos em pesquisas para a agricultura – setor que movimenta a economia de 90% dos municípios do Estado.

Dalberto lembrou que, com a IPR Campos Gerais, o Iapar chega a 178 variedades lançadas em 40 anos de atividades. Para ele, o lançamento de uma variedade sempre é “especial” para um centro de pesquisas porque, além do potencial produtivo superior em comparação com o que há disponível no mercado, um novo material agrega o esforço de diversas áreas do conhecimento, como fertilidade de solos, nutrição de plantas, fitopatologia e tecnologia de alimentos. “É uma grande síntese tecnológica”, concluiu.

As sementes da nova variedade estarão disponíveis a partir de janeiro. Os interessados podem obter mais informações pelo telefone (43) 3376-2482 ou no endereço eletrônico comercial@iapar.br.

CARACTERÍSTICAS – Segundo a segundo a pesquisadora do Iapar Vânia Cirino, a IPR Campos Gerais é adaptada para plantio nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Seu potencial produtivo chega bem próximo de quatro toneladas por hectare, ficando pronta para colheita em menos de 90 dias. As plantas têm porte ereto e podem ser colhidas mecanicamente.

A nova variedade é moderadamente tolerante à seca e situações de altas temperaturas na fase de florescimento e começo da formação de vagens. Suas plantas se desenvolvem de modo eficiente em solos ácidos e com baixa disponibilidade de fósforo.

No aspecto doenças, é resistente à ferrugem, oídio e vírus do mosaico comum. Apresenta resistência moderada à antracnose, murcha de fusário, crestamento bacteriano comum e murcha de curtobacterium. É, no entanto, suscetível à mancha angular.

Do ponto de vista culinário, os grãos de IPR Campos Gerais cozinham em cerca de 22 minutos. Apresenta ainda bom teor de proteína, ferro e zinco.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.