IATFmax classifica novos touros superiores para fertilidade

Touros

IATFmax classifica novos touros superiores para fertilidade

Ao todo, são 43 animais com a certificação, incluindo seis novidades na lista e oito touros que subiram de categoria
Por:
160 acessos

Cresceu o número de touros certificados pelo IATFmax, sistema de avaliação da fertilidade de animais jovens da ABS. Após o processamento de novas informações, a lista atingiu 43 reprodutores certificados para fertilidade. A classificação, com base científica, garante resultados acima da média em IATF, garantindo a aceleração do melhoramento genético nos rebanhos.

 “O grande benefício do IATFmax é que ele oferece informações sólidas e confiáveis de forma muito rápida, o que permite que o touro seja avaliado na própria safra em que é usado. Desta forma, o criador tem a possibilidade de controlar melhor o progresso genético do rebanho, utilizando touros jovens com fertilidade superior”, descreve o gerente do Departamento Técnico Corte da ABS, Cristiano Ribeiro.

De acordo com o levantamento, seis novidades aparecem na lista. Para a categoria IATFmax+, classificaram-se os touros Bruiser e Profit Driven, da raça Angus. Já na categoria IATFmax+3, passaram a ser contemplados os touros Certeiro (Tabapuã) e Certainty (Angus). Por fim, na categoria mais avançada, IATFmax+6, os novos integrantes são PL Monument (Angus) e Rambo (Braford).

O gerente destaca, ainda, que nenhum touro caiu de categoria na última atualização. Por outro lado, oito animais subiram de categoria em relação à avaliação anterior. “O touro Angus ABS Net, o Nelore Belgrado e o Braford Marques subiram da categoria IATFmax+ para a IATFmax+3; já os touros Nelore Mocho Consórcio e Vencius e os touros Nelore Destak e Quebec subiram dessa categoria para a IATFmax+6. Além disso, o Cyclone, touro Angus que se enquadrava na primeira categoria, subiu dois degraus e classificou-se como IATFmax+6”, explica Cristiano.

Entre estes novos touros IATFmax, alguns exemplares chamam a atenção por, além de superiores para fertilidade, também tem desempenho comprovado em cruzamento industrial. “Temos o PL Monument, que atingiu diretamente o IATFmax+6; trata-se de um touro que é coletado aqui, no Brasil, e apresenta uma fertilidade excelente, além de ser o quarto touro com maior índice ABS XBlack, o que comprova a qualidade claramente superior deste animal”, conta o gerente de produto Corte Europeu, Marcelo Selistre, destacando também o desempenho de Certainty e Profit Driven. “O Certainty vem sendo muito usado, foi muito popular na última safra e, assim como o Profit Driven, também apresenta resultados muito positivos no índice ABS XBlack. Agora, com a classificação de fertilidade, ampliamos a gama de touros Angus comprovados para IATF”, ressalta.

Segundo o gerente de Produto Corte Zebu da ABS, Gustavo Morales, os novos touros vêm atender a uma demanda expressiva do mercado, em que a certificação precoce de animais é cada vez mais importante. “A evolução do melhoramento genético tem uma velocidade muito alta. Por isso, a busca por animais novos caracteriza-se pela procura de touros cada vez mais jovens, em especial, aqueles que possuem dados confiáveis de fertilidade. É nesse contexto que a avaliação e a certificação se mostram tão essenciais”, conta Gustavo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink