IBGE: na carne de frango a maior expansão de produção do 1º trimestre
CI
Agronegócio

IBGE: na carne de frango a maior expansão de produção do 1º trimestre

Por:
A Pesquisa de Abate de Animais divulgada trimestralmente pelo IBGE aponta que no 1º trimestre de 2012 foram produzidos perto de 5,460 milhões de toneladas de carne em estabelecimentos inspecionados. O volume registrado correspondeu a uma expansão de 4,7% sobre idêntico período de 2011.


Nesse incremento, a maior participação foi da carne de frango: o volume produzido aumentou 6,2%, contra uma expansão de 2,4% da carne bovina e de 4,4% da carne suína.

Os números do IBGE também confirmam que no trimestre inicial do ano a avicultura agiu na contra mão do mercado. Porque, sem dúvida conscientes de que o consumo do período é sensivelmente menor que o do trimestre anterior (o quarto do ano), os segmentos produtores das carnes bovina e suína reduziram sua produção em 3,9% e 4,9%, respectivamente. Já a indústria do frango aumentou seus abates em 3,2%.


Se não foi o único, um dos resultados desses equivocado comportamento foi a queda de 17% no preço médio do frango vivo no primeiro trimestre de 2012, enquanto boi e suíno vivos fecharam o trimestre em relativa estabilidade.

A ressaltar, em relação ao levantamento do IBGE, que ele se refere apenas ao abate em estabelecimentos inspecionados. No caso do frango, por exemplo, os abates sob inspeção corresponderam a 89% da produção total estimada pela Conab para o ano que passou. Assim, mantida a mesma proporção em 2012, os abates do trimestre inicial do ano ficaram em torno dos 3,3 milhões de toneladas.





Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink