Identificado foco de peste suína em Alagoas

DOENÇAS

Identificado foco de peste suína em Alagoas

Agência de defesa está trabalhando para controlar o foco
Por: -Leonardo Gottems
581 acessos

Foi identificado um foco de peste suína clássica (PSC) no estado do Alagoas, mais precisamente no município de Traipu, no agreste, segundo a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal). De acordo com informações da CarnetTec Brasil, o foco está sendo controlado pela própria Agência. 

“A agência disse em nota que está atuando na região para controlar o foco e eliminar a doença, com medidas como a interdição da propriedade afetada, sacrifício de animais e proibição do trânsito de suíno. Propriedades situadas no raio de dez quilômetros em torno do foco e propriedades com algum vínculo epidemiológico também estão sendo investigadas, disse o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)”, informa. 

Além disso, o diretor substituto do Departamento de Saúde Animal da Secretaria de Defesa Agropecuária, Bruno Cotta, afirmou que Alagoas faz parte da zona não livre desse tipo de doença. No entanto, essa ocorrência não influência na imagem do país e também na questão sanitária. 

“O estado de Alagoas faz parte da zona não livre de PSC, juntamente com outros dez estados (AM, RR, PA, AP, MA, PI, CE, RN, PB e PE), e essa nova ocorrência não interfere no status da zona livre de PSC reconhecida pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), não justificando impactos no comércio internacional de suínos e seus produtos”, indica ele. 

Isso porque, cerca de 95% da indústria suinícola brasileira, que produz toda carne suína exportada pelo Brasil, está localizada na zona considerada livre da doença pela OIE, compreendendo 15 estados (RS, SC, PR, MG, SP, MS, MT, GO, RJ, ES, BA, SE, TO, RO e AC) e o Distrito Federal. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink