IGC reduz projeções mundiais de grãos
CI
Imagem: Divulgação
ESTIMATIVAS

IGC reduz projeções mundiais de grãos

Instituto prevê que a produção mundial de grãos aumentará 40 milhões de toneladas
Por: -Leonardo Gottems

Embora o Conselho Internacional de Grãos (IGC) tenha reduzido suas estimativas de produção mundial de grãos para 2020-21 em 1 milhão de toneladas, ele ainda prevê um recorde de 2,226 bilhões de toneladas. O Relatório do Mercado de Grãos de 29 de outubro observou uma redução mensal nas perspectivas de produção de milho, que foram parcialmente compensadas por estimativas aumentadas para trigo, sorgo e centeio. 

Ano após ano, o IGC prevê que a produção mundial de grãos aumentará 40 milhões de toneladas. O aumento é em grande parte impulsionado pela produção recorde de milho, mas também por maiores safras de trigo, sorgo, aveia e centeio. Os Estados Unidos e o Brasil devem ter safras maiores de milho, com totais menores previstos na UE, Ucrânia, Argentina, África do Sul e China. 

O consumo deve atingir um novo recorde de 2,223 milhões de toneladas, um aumento de 29 milhões de toneladas em comparação com o ano passado, disse o IGC. Os estoques remanescentes verão apenas um aumento modesto de 3 milhões de toneladas, para 619 milhões de toneladas, devido a uma contração no milho. 

“A queda nos estoques de milho está principalmente ligada a uma nova redução na China, mas com os da União Europeia também vistos em um nível anormalmente baixo”, disse o IGC no relatório. “Em contrapartida, seguindo safras maiores, estão previstas acumulações nos EUA e no Brasil”, completou. 

Prevê-se que o comércio mundial em 2020-21 aumente 4 milhões de toneladas em relação ao mês anterior, para 403 milhões, principalmente devido aos números mais elevados de trigo (incluindo maiores importações da China e do Paquistão) e milho (UE e China). 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink