Economia

IICP e IIPR registraram inflação no acumulado após 14 meses de queda

ÍICP e o IIPR registraram inflação no mês de março
20 acessos

O Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP) e o Índice de Inflação de Preços Recebidos pelos Produtores Rurais (IIPR) registraram inflação no mês de março. O IIPR teve uma forte valorização, chegando a 5,83%, enquanto o IICP atingiu 1,21%. Os dados foram divulgados pela Assessoria Econômica do Sistema Farsul, nesta quarta-feira, dia 18.

O milho foi o principal responsável pela alta do IIPR, com um crescimento de 13%, juntamente com a soja que teve uma elevação de 8% no seu preço. O resultado impulsionou o acumulado de 12 meses em 3,45%, o primeiro resultado positivo após 14 meses consecutivos de queda. A economista do Sistema Farsul, Danielle Guimarães, lembra, porém, que o longo período de baixa reduz o impacto do aumento. “O aumento em março foi expressivo, mas a base é fraca. Tivemos mais de um ano de queda, o que acontece é uma recuperação dos preços, não um crescimento”, explica.

No IICP, março tem o segundo mês de alta, marcando 1,21%. O resultado foi puxado pelos fertilizantes influenciados pela taxa de câmbio. Assim como no IIPR, o IICP também teve crescimento (0,24%) no acumulado de 12 meses, após 14 de baixa. O milho novamente foi o principal ofensor, com aumento de 0,5%. As demais lavouras seguem a trajetória de queda. 

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink