III Expoagro Bahia começa dia 4 com a participação de 6 mil animais
CI
Agronegócio

III Expoagro Bahia começa dia 4 com a participação de 6 mil animais

A abertura oficial do evento, no entanto, será no dia 7, às 19 horas
Por:
Entre os dias 4 e 8 de agosto, o Parque de Exposições de Salvador recebe mais uma grande feira agropecuária. Com a exposição de 6 mil animais, entre equinos, bovinos, caprinos e ovinos, acontece a III Expoagro Bahia, que tem organização assinada pelas principais associações de criadores de animais do Estado. A feira, considerada uma das mais importantes do Nordeste, apresenta, nesta edição, a mesma expectativa de movimentação de negócios em relação à do ano passado, R$ 40 milhões, tendo a seca como fator preponderante no cenário atual do setor de agronegócios.

A feira abre as portas para visitação a partir de sábado, dia 4. A abertura oficial do evento, no entanto, será no dia 7, às 19 horas, com a presença do Secretário de Agricultura, Eduardo Sales, e outras autoridades políticas estaduais e municipais. Com uma programação diversificada, a Expoagro 2012 traz uma série de leilões, julgamento de animais, concurso leiteiro, feira de artesanato, provas equestres, além de stands de empresas relacionadas ao setor agropecuário, praça de alimentação com culinária regional, além de opções de lazer para as crianças, como parques de diversões e passeios de pôneis e charretes.

A seca é um dos temas presentes nesta edição da Expoagro. Haverá painéis sobre os estragos anteriores da seca, causas do fenômeno, e um histórico sobre a climatologia de 1961 a 1990, com índices pluviométricos nesse período em diversas regiões. Os alunos das escolas que visitarem o evento também terão acesso a um material sobre as secas que marcaram a história da Bahia.

De acordo com Luiz Miranda, diretor de irrigação da Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), a Bahia vive a seca mais grave da história recente, comparável somente ao fenômeno de 40 anos atrás. “A situação atual é bastante grave porque, agora, atinge os três biomas do Estado: caatinga, mata atlântica e cerrado. Normalmente, acontece em uma região, mas as outras se salvam. Quando isso ocorre, os animais saem de uma região para outra em melhores condições. Mas, hoje, o animal precisaria ser transportado para outro estado, o que é muito oneroso”, afirma Miranda.

Miranda, no entanto, reforça uma informação alentadora: o número de animais da III Expoagro não será menor que em outros anos, e a expectativa de movimentação de negócios é a mesma que a da edição passada. “A pecuária na Bahia é muito grande, há muitos criadores e uma enorme quantidade de animais. Por isso, a lista de espera para a Expoagro é muito extensa”, informa ele. Atualmente, a Bahia tem mais de 11 milhões de bovinos, 2,8 milhões de caprinos e 2,5 milhões de ovinos.

“Mesmo com os problemas da seca, tenho segurança de que a exposição será um sucesso, pois as conseqüências desse fenômeno são menores que em anos anteriores, afinal muitos criadores armazenam água e comida para o período de carência. Além disso, hoje há o feno, ao contrário de anos atrás. A seca é forte, mas temos instrumentos para reagir bem”, pontua o diretor de irrigação da Seagri.

Leilões - As arenas da III Expoagro Bahia recebem mais de dez leilões, com um público estimado de quase 600 compradores em cada um deles. A previsão de movimentação financeira é de R$ 12 milhões, com a venda de equinos, bovinos, caprinos e ovinos. Haverá um leilão apenas de Quarto de Milha e outro de Mangalarga Marchador. Também está programada exposição das raças bovinas Nelore e Girolando, com um leilão de cada uma, e mais dois leilões da raça GIR. Caprinos e Ovinos terão dois leilões das raças Santa Inês e Dorper. Os animais são oriundos da Bahia, Sergipe, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Mormo – Este ano, a Expoagro cumpre uma nova exigência relativa aos cavalos que forem participar da exposição. Os seus criadoresdeverão apresentar de exame negativo de mormo, doença infecto-contagiosa de eqüídeos. Isso se deve ao comunicado da ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia), feito no último dia 25 de julho, sobre o ressurgimento de um caso de mormo em um cavalo no Estado.

Por isso, para participar da Expoagro e de qualquer evento eqüestre na Bahia, será exigida a apresentação de exame negativo de mormo, de acordo com a Portaria ADAB N° 176/2012, publicada no Diário Oficial em 24 de julho. A ADAB é enfática e assegura que não será admitida a entrada de eqüídeos cujos criadores não apresentem o exame. A agência pede que a imprensa divulgue essa importante informação, que visa salvaguardar o plantel de eqüinos baianos.

Crianças

As crianças terão espaço garantido na Expoagro. A EquitaKids vai promover aulas gratuitas de equitação para crianças de dois a seis anos e haverá, também, o serviço de Equoterapia, que vai realizar aulas de equitação, com abordagem terapêutica, para crianças portadoras de necessidades especiais. Um cinema 6D será outra atração para entreter a garotada, assim como parque infantil, parque do Tio Paulinho, além dos tradicionais passeios de pôneis e de charretes. Haverá também uma mostra de pequenos animais domésticos como cachorros, aves, coelhos, hamsters, galinhas exóticas, canários e passarinhos.

SERVIÇO:

III Expoagro Bahia
Data: 4 a 12 de agosto
Horário de funcionamento: 8h às 22h
Local: Parque de Exposições de Salvador
Ingresso: R$ 5 (entrada gratuita para crianças de até 12 anos)
Informações: (71) 3286-7314

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink