IMA: Educação sanitária é tema de debate

Agronegócio

IMA: Educação sanitária é tema de debate

O evento será realizado no Hotel Gran Minas, em Vespasiano
Por:
977 acessos

O evento será realizado no Hotel Gran Minas, em Vespasiano

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) em parceria com as secretarias de  Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e de  Desenvolvimento Agrário (Seda) realiza nesta terça e quarta-feira (22 e 23/11) o I Workshop de Educação Sanitária.

O evento será realizado no Hotel Gran Minas, em Vespasiano, e contará com a presença de cerca de 50 técnicos com atuação nesta área entre gerentes e servidores das coordenadorias regionais  do IMA procedentes de todo o estado.   O objetivo é elaborar o planejamento e as ações a serem desenvolvidas  a partir do próximo ano.

O diretor-geral do IMA Marcílio de Sousa Magalhães ressalta a importância de reunir no mesmo evento servidores que lidam diariamente com a educação sanitária no campo, em relacionamento estreito com os produtores. “Além de planejarmos o futuro, esse evento tem um viés especial que será a oportunidade desses servidores falarem um pouco da sua experiência e apresentarem questões que certamente ajudarão a otimizar as ações junto aos agricultores”, ponderou.

O gerente de Educação Sanitária e Apoio à Agroindústria Familiar do IMA Gilson de Assis Sales  explica que o evento terá o objetivo de  debater ações para otimizar e ampliar os projetos de educação sanitária que já são desenvolvidos pelo Instituto junto aos produtores rurais. 

Cita, como exemplo, o Programa de Apoio à Saúde Agropecuária (Pasa), iniciativa que leva aos produtores rurais orientação e um conjunto de informações importantes para a sanidade dos rebanhos. Entre as ações do Pasa está o treinamento de vacinadores autônomos para atuar em regiões onde há carência de médicos veterinários.

Outro tema a ser trabalhado pelo Workshop será o Projeto Sanitaristas Mirins, executado pelo IMA já há alguns anos e que está sendo ampliado agora a partir de  parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda). 

O Sanitaristas trabalha com os alunos informações sobre o meio rural e sua importância para a sociedade na produção de alimentos e na conservação dos recursos naturais, além de trabalhar as boas práticas agropecuárias.

A Seda patrocinou, recentemente, a impressão de mais 4 mil exemplares do livro  “A educação sanitária no dia a dia dos alunos – descobrindo a agropecuária na escola”, de autoria de profissionais do IMA e que dará  suporte ao estudo e atividades realizadas a serem realizadas pelos alunos e professores ao longo do próximo ano. 

Planejando o futuro  

O I Workshop vai discutir  também  temas que ganharão um novo reforço junto  aos produtores rurais como o uso racional de defensivos agrícolas, o controle de pragas em lavouras, a prevenção e controle de doenças no rebanho  e orientações para as boas práticas de fabricação que ajudam os agricultores familiares a produzirem alimentos de qualidade e com segurança alimentar.

Gilson Sales ressalta que as ações de educação sanitária são amplas e não se restringem aos produtores rurais, mas alcançam também aqueles  agentes que atuam diretamente junto a eles  como agrônomos, técnicos agrícolas, vacinadores autônomos, revendedores de vacinas e representantes de sindicatos, cooperativas e associações de produtores. “Defesa sanitária se faz com prevenção e prevenção se alcança com educação”, diz.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink