Agronegócio

Imea projeta alta nos custos de produção para soja, milho e algodão em MT

Custo deve aumentar em 27,5 para a oleaginosa
Por: -Weverton Correa
2029 acessos
O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) projeta aumento nos custos de produção das três principais culturas do Estado. Na próxima temporada o do algodão, que estava na casa dos R$ 5.123/ha deve sofrer incremento de15%. Entre os motivos, é apontado principalmente o acréscimo do custo dos insumos que foi puxado pela alta do dólar. Neste ciclo foram projetados 632,8 mil toneladas para a pluma e 1.621 milhão de toneladas para o caroço em 452,3 mil hectares.


Na próxima temporada, para a soja, o custo deve aumentar em 27,5%, também ocasionado pelo acréscimo de insumos, chegando a safra 2013/14 a R$ 2.432,7/ha. Mais de 8,2 milhões de hectares são projetados para receber o plantio a partir deste mês, com expectativa de 25 milhões de toneladas.


Em relação ao milho, o instituto aponta que em consequência das novas tecnologias de insumos e sementes que serão usadas na safra,  o custo de produção deve elevar-se para R$ 1.738/ha, valor 5,4% superior a safra passada. “Mesmo com alto custo de produção, a cultura do algodoeiro se torna mais interessante que o milho para a segunda safra, por causa dos preços futuros travado pelos produtores de algodão, frente as expectativas de preço da commodity do milho”, é destacado.


Na última safra de milho pouco mais de 3 milhões hectares cultivados. Mias de 20 milhões de toneladas foram projetadas.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink