Açúcar

Impacto da oferta mundial do açúcar faz preços caírem nas bolsas

Preços do açúcar fecharam em baixa mais uma vez nas bolsas internacionais nesta quinta-feira
Por:
110 acessos

Os preços do açúcar fecharam em baixa mais uma vez nas bolsas internacionais nesta quinta-feira, pressionados pela ampla oferta mundial. Ontem (26), no vencimento março/18, a commodity caiu sete pontos, negociada a 14.11 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/18, a baixa foi de seis pontos, com negócios firmados em 14.22 centavos de dólar por libra-peso. As demais cotações fecharam com retração entre quatro e cinco pontos.

"Na semana, os contratos ainda acumulam alta de 0,8%, limitada pela ampla oferta na Índia, União Europeia e Tailândia", informou a nota do jornal Valor Econômico de hoje (27). "Dado que a produção de açúcar em outras regiões está aumentando, não há risco de escassez no mercado mundial, limitando o potencial de elevação do preço do açúcar", afirmou a análise do Commerzbank ao jornal.

Em Londres, o dia também foi de queda em todas as sessões. No lote dezembro/17 a commodity foi comercializada a US$ 373,40 a tonelada, queda de 70 cents de dólar. No vencimento março/18 houve desvalorização de 1,30 dólar, com negócios firmados em US$ 373,60 a tonelada. Os demais contratos caíram entre 1,00 e 1,60 dólar.

Mercado interno

Os preços da saca de 50 quilos do tipo cristal no Brasil continuam em alta no mercado doméstico. Segundo o indicador do Cepea/Esalq, da USP, a valorização ontem foi de 0,80%, com negócios fechados em R$ 56,51.

Etanol

O etanol hidratado foi vendido pelas usinas paulistas, de acordo com os índices da Esalq/BVMF, em R$ 1.644,50 o metro cúbico, alta de 0,18% no comparativo com a véspera.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink