Importação de alho chinês preocupa produtor gaúcho
CI
Agronegócio

Importação de alho chinês preocupa produtor gaúcho

Por:

Entidades representativas dos produtores de alho reuniram-se ontem em São Marcos para discutir a comercialização da safra. Preocupado com o vencimento dos empréstimos pelo Banco do Brasil, o setor quer que autoridades federais e estaduais cancelem a importação da Argentina e do Chile. Com a entrada de produto importado, o bulbo gaúcho não tem comercialização devido ao baixo valor oferecido pelo comércio. A expectativa é abrir a venda da safra a R$ 3,50 o quilo em fevereiro.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.