Importação de trigo deve cair pela metade
CI
Imagem: Pixabay
COMPRAS

Importação de trigo deve cair pela metade

Greve da Argentina é principal motivo
Por: -Leonardo Gottems

A importação de trigo pelo Brasil deverá despencar mais de 50% em dezembro ante o volume adquirido no mesmo mês de 2019, pressionada por uma greve de trabalhadores portuários na Argentina que afeta o escoamento do principal fornecedor do cereal aos moinhos brasileiros. Foi isso que afirmou a TF Agroeconômica, citando a agência de notícias Reuters. 

“Até  a  quarta  semana  deste  mês,  as  importações  de  trigo  e  centeio  pelo  Brasil  haviam  atingido  cerca  de  237  mil toneladas,  ante  650  mil  toneladas  em  dezembro  completo  de  2019,  conforme  dados  parciais  dos  desembarques divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Economia. Dos dois produtos, quase a totalidade geralmente se refere a trigo. Caso a média de desembarques se mantenha em 13,16 mil toneladas ao dia, o Brasil não chegará a 300 mil toneladas adquiridas no acumulado do mês, considerando que há somente mais quatro dias úteis para entradas da commodity”, comenta. 

Nesse cenário, uma greve de trabalhadores nos portos atrasou o carregamento de diversos tipos de grãos em mais de 140 navios na Argentina. “Com  a  greve,  é  claro  que  não  está  havendo  embarque  de  trigo  argentino  para  o  Brasil.  Os  desembarques  se reduziram.  Continuamos  preocupados  com  a  continuação  da  greve”,  disse  à  Reuters  o  presidente  da  Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), Rubens Barbosa. 

“Caso a paralisação não termine no curto prazo, alguns moinhos das regiões Sul e centro-sul terão dificuldades para a produção de farinha, alertou o executivo. Segundo Barbosa, a entidade estima que existem cerca de dez navios aguardando o fim da greve na Argentina para carregar trigo comprado pelo Brasil”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink