Importação deve afetar preço do alho


Agronegócio

Importação deve afetar preço do alho

Para tentar angariar o apoio do governo, lideranças estiveram reunidas no final do ano com o ministro da Agricultura
Por:
209 acessos
A colheita do alho se aproxima do final sob a ameaça de preços em baixa. Se a valorização do produto seguir a tendência verificada no Centro-Oeste do país, assim que chegar ao mercado, neste mês, o bulbo gaúcho deve ser negociado entre R$ 2,00 e R$ 3,00 o quilo, bem abaixo dos R$ 5,50 na largada da colheita da safra 2010/2011. O cenário é resultado do ingresso de alho chinês no mercado nacional, problema que se arrasta há anos sem solução e que nos últimos meses foi agravado pela queda do preço do produto em dólar na China. Para tentar angariar o apoio do governo, lideranças estiveram reunidas no final do ano com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho. Solicitaram medidas de proteção, tanto referente à fiscalização sanitária e comercial quanto a política do preço mínimo e combate à importação ilegal. Mendes disse que o assunto está na pauta. "Nossa política é se adiantar ao problema."


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink