Importações de soja na China poderão subir


Agronegócio

Importações de soja na China poderão subir

Por:
1 acessos

As importações de soja da China poderão crescer 44% na safra a encerrar-se em setembro, devido ao aumento da demanda das processadoras que esmagam os grãos para fazer óleo vegetal e farelo de soja, informou o governo.

As esmagadoras da China poderão precisar de 22 milhões de toneladas de soja no atual ano de safra, um aumento de 14% no ano, informou o Centro Nacional de Informações sobre Grãos e Óleos da China. Deste total, 8 milhões de toneladas sairão do aumento da oferta interna e 14 milhões de toneladas do mercado externo.

Na safra 2003/04, a demanda das esmagadoras deverá subir 10% para 24 milhões de toneladas, enquanto as importações poderão aumentar 6,6% para 16 milhões de toneladas, segundo o relatório.

A capacidade das esmagadoras de soja da China poderá crescer 27% este ano, porque o aumento da demanda está levando as processadoras a construir novas fábricas. A capacidade poderá chegar a 57 milhões de toneladas até o fim de 2003, em relação a 45 milhões de toneladas no ano anterior.

A China tenta limitar o aumento das importações da soja processada, construindo novas indústrias.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink