Importadores do frango brasileiro entre janeiro e novembro de 2016

Agronegócio

Importadores do frango brasileiro entre janeiro e novembro de 2016

Volume fez com que o mercado chinês retornasse ao posto de segundo maior importador da carne de frango brasileira
Por:
390 acessos

Uma forte desaceleração no volume importado neste segundo semestre (especialmente nos últimos meses) fez com que o mercado chinês (consideradas as compras conjuntas de China e Hong Kong) retornasse ao posto de segundo maior importador da carne de frango brasileira. Ou seja: a liderança voltou a pertencer a seu ocupante mais tradicional, a Arábia Saudita.

Isso, porém, não significa que o posto principal já esteja definido. Pois, completados os 11 primeiros meses do ano, o volume importado pelos chineses se encontra menos de 2 mil toneladas aquém do importado pelos sauditas. Quer dizer: mudanças ainda podem ocorrer em dezembro corrente.

Oportuno registrar que a mesma situação se aplica ao novo ocupante do décimo posto, Cingapura – que, até agora, efetuou importações 20% maiores que as de idêntico período de 2015, com isso proporcionando incremento de quase 16% na receita cambial.

Pois com esse desempenho, Cingapura ocupa posição que, desde o início do segundo semestre, vinha pertencendo à Rússia. Porém, como ocorre com os dois líderes, a diferença de volume entre Rússia e Cingapura também é pequena – de pouco mais de 2 mil toneladas – e, portanto, o ano pode ser encerrado com resultados diferentes dos atuais.

No mais, entre o terceiro e o nono posto, as posições parecem estar consolidadas. No entanto, nada impede que Cingapura venha, ainda, a galgar mais uma posição. Pois a diferença de volume em relação ao nono colocado atual – o Egito, que no ano passado estava na 18ª posição – também é muito pequena e facilmente superável conforme o volume importado em dezembro corrente.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink