Inaugurada usina de bioenergia em Barra Bonita/SP
CI
Agronegócio

Inaugurada usina de bioenergia em Barra Bonita/SP

Cosan inaugura a usina Barra Bioenergia, que gera energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar
Por: -Marianna

Grupo Cosan inaugura a usina Barra Bioenergia, que gera energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugura hoje a Usina Termelétrica Barra Bioenergia, em Barra Bonita (SP). Integrante do Grupo Cosan, um dos maiores produtores mundiais do setor sucroenergético, a unidade termoelétrica de biomassa é uma das maiores do Estado e tem potencial para produzir energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar para as residências de uma cidade com cerca de 1 milhão e 200 mil habitantes quando completada todas as etapas.

A companhia obteve, em julho deste ano, a autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o início das operações comerciais da termoelétrica. Nesta primeira fase, foram instalados dois turbo geradores de 33 MW de potência cada. Já para a segunda etapa, serão dois turbo geradores de 35 MW de potência. Ao final, a potência total da Barra Bioenergia será de 136 MW.

A unidade faz a cogeração de energia a partir do bagaço da cana-de-açúcar produzida na unidade de Barra Bonita, a maior do grupo em moagem. A unidade será responsável pela produção, venda e consumo de energia. "Este projeto está alinhado à missão do Grupo Cosan de prover energia cada vez mais limpa e renovável para melhorar a vida das pessoas", diz Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho Administrativo da Cosan. "A Barra Bioenergia contribuirá de maneira importante nas necessidades de consumo de energia elétrica limpa e ambientalmente equilibrada", conclui.

Em linha com sua preocupação na adoção de práticas alinhadas à sustentabilidade, a companhia utilizou, em todas as caldeiras de alta pressão, equipamentos de controle de poluição (ECP) definidos pela legislação brasileira.

Energia limpa – A Cosan é a maior produtora de energia elétrica do mundo, a partir do bagaço e da palha da cana-de-açúcar. Todas as 23 unidades do grupo são autossuficientes no consumo de energia e 12 de suas unidades já têm contratos de longo prazo para a venda de energia. A companhia possui um potencial de capacidade instalada de 1200 MW, energia suficiente para abastecer o consumo residencial de uma cidade com aproximadamente 12 milhões de habitantes, um pouco mais que o município de São Paulo, quando totalmente instalada.

No último ano-safra (2009/2010), a venda de energia elétrica pela Cosan alcançou uma receita líquida de R$ 92,4 milhões, com a comercialização de 569 mil MWh em seis plantas: Costa Pinto, Rafard, Serra, Gasa, Tarumã e Maracaí. Em junho deste ano, a companhia obteve do BNDES um apoio financeiro no valor de R$ 711,4 milhões, destinado aos projetos de cogeração nas unidades Univalem, Ipaussu, Barra e Bonfim, todas localizadas em São Paulo. Este aporte apenas confirma a viabilidade econômica desta matriz energética.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink