Agronegócio

Índios fazem oficina de manejo agroecológico em horticultura

Curso ocorreu no dia 31 de maio
Por:
923 acessos

O Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Viamão realizou, em parceria com a Escola Estadual Técnica de Agricultura (EETA), uma oficina prática de manejo agroecológico em horticultura para integrantes da Comunidade Guarani do Canta Galo, no dia 31 de maio. O curso ocorreu na sede da EETA, onde o professor Hilário Klein explicou e demonstrou os diferentes processos de manejo e controle de pragas comuns na produção de verduras e legumes, dando ênfase ao uso de plantas bioativas para estas finalidades. Os indígenas tiveram a oportunidade de praticar as orientações, realizando plantio e preparo de canteiros.

Para o cacique, Jaime da Silva, estas atividades práticas são importantes "para que os guaranis possam se apropriar de novas tecnologias de produção". Já a socióloga da Emater/RS-Ascar, Maristela Ebert, acredita que é uma experiência ímpar para apoiar as comunidades guaranis na produção de alimentos para a subsistência e ampliar o direito à Segurança e Soberania Alimentar. Ela enfatiza ainda a relevância desta parceria com a ETTA para "trabalharmos a produção de alimentos saudáveis no município de Viamão".

A técnica em pecuária da Emater/RS-Ascar, Carla Vogel Rodrigues, ex-aluna da escola, acompanhou o evento e ressalta o valor que a ETTA tem para o desenvolvimento da produção agrícola local, como espaço para formação não apenas de alunos, mas da comunidade. Ao final da atividade foram doadas algumas mudas de plantas bioativas para serem cultivadas na aldeia.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink