Infocafé de 04/10/18

Infocafé

Infocafé de 04/10/18

Bolsa de N.Y finalizou a quinta-feira com leve alta
Por:
27 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

A bolsa de N.Y finalizou a quinta-feira com leve alta, a posição dezembro oscilou entre a mínima de -1,80 pontos e máxima de +2,20  fechando com +0,35 pts. 

O dólar comercial fechou esta em alta de 0,22%, cotado a R$ 3,8960. O mercado continua sendo afetado pelos desdobramentos da campanha eleitoral para a Presidência da República. Pesquisa Ibope divulgada na quarta-feira (3) mostrou que Jair Bolsonaro (PSL) passou de 31% para 32% das intenções de voto e permanece à frente na disputa. Fernando Haddad (PT) subiu dois pontos em relação à pesquisa anterior: passou de 21% para 23%. O levantamento apontou também vantagem numérica de Haddad sobre Bolsonaro em um eventual segundo turno. O petista teria 43% dos votos, contra 41% do candidato do PSL, em empate técnico. No levantamento anterior, os dois estavam empatados em 42%.  

A produção de café na Colômbia na safra 2017/18 (que começou em outubro de 2017 e se encerrou em setembro) totalizou 13,815 milhões de sacas, 5,6% abaixo da 14,634 milhões colhidas no ciclo anterior, o 2016/17, informou nesta terça-feira a Federação Nacional dos Cafeicultores (FNC). Segundo a FNC, no último mês da safra 2017/18, setembro, a colheita na Colômbia registrou forte queda, reflexo do desenvolvimento tardio dos frutos do café em decorrência de problemas climáticos. A retração foi de 14,5%, para 1,050 milhão de sacas ante 1,2 milhão de sacas produzidas em setembro de 2017.

Após o recuo expressivo de setembro, a expectativa é de melhora na colheita no restante do ano, diz a entidade de produtores, em nota. A produção de café na Colômbia no acumulado de 2018 até setembro também caiu. Somou 9,888 milhões de sacas, 3,7% menos que as 10,3 milhões de sacas colhidas durante os nove primeiros meses de 2017. Como resultado da menor produção no ciclo, as exportações de café pela Colômbia na safra 2017/18 (outubro de 2017 a setembro de 2018) registraram queda de 5,9%, para 12,689 milhões de sacas — haviam somado 13,486 milhões na temporada 2016/17. Ainda conforme a federação, em   setembro as vendas externas de café da Colômbia somaram 1,104 milhão de sacas, 0,8% menos que as 1,112 milhão de setembro do ano passado. No acumulado de 2018, o país exportou 9,183 milhões de sacas, 3,1% abaixo das 9,476 milhões de sacas de embarcadas entre janeiro e setembro de 2017.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink