Infocafé de 10/01/18
CI
Infocafé

Infocafé de 10/01/18

Bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira em queda
Por:

A bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira em queda, a posição março oscilou entre a máxima de +0,80 pontos e mínima de -2,15 fechando com -1,20 pts. 

O dólar comercial fechou em queda de 0,56%, cotado a R$ 3,2280. A queda do dólar acompanhou o movimento no exterior, onde também registrou baixa frente a outras moedas, após informações de que a China estaria pronta para reduzir suas compras de títulos de dívida dos Estados Unidos. No Brasil, investidores continuavam monitorando as articulações do governo para aprovar a reforma da Previdência. 

O boletim da Somar Meteorologia indica que as últimas simulações do modelo COSMO/INMET indicam que nos próximos sete dias há previsão de acumulados entre 30 a 80mm no Paraná e em Rondônia, 20 a 50mm na Mogiana em São Paulo e também no cerrado mineiro e entre 60 a 100mm no sul de Minas Gerais, com destaque para as áreas mais próximas da Serra da Mantiqueira. Entre Espírito Santo e a Bahia, a chuva é irregular e com baixo acumulado. Próximas semanas com chuva frequente em Rondônia, no Sul e no Sudeste, mas sem chuvas significativas no Espírito Santo e Bahia. 

A produção de café conilon (robusta) no Espírito Santo atingiu 5,915 milhões de sacas na safra 2016/17 (julho a junho), alta de 17,5% em relação ao registrado em igual período da safra anterior. A estimativa foi divulgada nesta terça-feira (9) pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Em 2015 e 2016, a produção capixaba foi muito prejudicada por causa da seca. O clima adverso ainda persiste, mas, segundo o Incaper, ações de pesquisa e assistência técnica têm auxiliado na recuperação. "As lavouras vêm sendo renovadas e revigoradas na ordem de 7% a 8% ao ano sob novas bases tecnológicas, com variedades clonais mais produtivas, nutrição adequada, poda, manejo de pragas e doenças e irrigação", disse, em nota, a instituição. Já a produção de arábica no Estado na safra 2016/17 deve recuar 25% na mesma comparação, para 2,95 milhões de sacas. Segundo o Incaper, a bienalidade negativa da cultura é um dos fatores que influenciaram as perdas. Na safra anterior, o Estado registrou recorde na produção de arábica: foram colhidos 3,93 milhões de sacas. Somado a isso, a distribuição ruim das chuvas na região sul, onde se concentram 40% do arábica do Espírito Santo, prejudicou o crescimento das plantas. O levantamento também apontou que a produtividade média foi de 22,9 sacas por hectare, sendo 19,65 sacas/ha para o café arábica e 25,13 sacas/ha para o conilon. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.