Infocafé de 14/11/18

Infocafé

Infocafé de 14/11/18

N.Y finalizou a quarta-feira em alta
Por:
13 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

N.Y finalizou a quarta-feira em alta , a posição dezembro oscilou entre a mínima de -0,60 pontos e máxima de +3,75 fechando com +3,45 pts. 

O dólar comercial fechou em queda de 1,28%, cotado a R$ 3,7820. A alta do petróleo no mercado internacional, diante da crescente perspectiva de membros da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e aliados de cortarem a produção em uma reunião no próximo mês, favoreceu a queda do dólar frente a moedas de países emergentes e exportadores de commodities, como o Brasil.  Além disso, dados dos Estados Unidos mostraram que a inflação no país ficou em linha com as expectativas em outubro, mantendo o banco central norteamericano no caminho para aumentar a taxa de juros novamente no próximo mês. Internamente, investidores seguiam monitorando o noticiário político, em dia de reuniões do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), com políticos.  O Banco Central vendeu nesta sessão 13,6 mil contratos de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares. Desta forma, rolou US$ 6,12 bilhões do total de US$ 12,217 bilhões que vence em dezembro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral. 

O boletim da Climatempo indica que durante o feriado prolongado de 15 de novembro, as condições para chuva voltam a aumentar sobre a Região Sudeste por causa da passagem de duas frentes frias. A primeira frente fria passa pelo litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro entre a quinta e a sexta-feira, 16 de novembro. A segunda frente também atinge o litoral destes estados entre os dias 18 e 19 de novembro. O Espírito Santo é o estado que menos vai sofrer com a chuva deste feriado prolongado. No feriado do dia 15 de novembro, o tempo fica seco, com o sol forte e calor no Espírito Santo, na região do Vale do Rio Doce e do Jequitinhonha. Nas demais áreas do Sudeste, o feriado terá sol, calor, aumento de nebulosidade e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite, que podem ser fortes. Pode chover já pela manhã no oeste, sul e leste de São Paulo,   inclusive na capital e no litoral paulista. Sexta-feira e no fim de semana, o tempo fica muito instável no Sudeste. Grandes áreas de instabilidade se intensificam sobre o Sudeste provocando muita nebulosidade e pancadas de chuva frequentes principalmente em São Paulo, no estado do Rio de Janeiro e   no centro-oeste e no sul de Minas Gerais. No Espírito Santo, nas regiões mineiras do Vale do Rio Doce e do Jequitinhonha, as pancadas de chuva começam a partir da tarde do sábado, 16. 

A produção mundial de grãos no ano cafeeiro 2017/2018 foi estimada em 163,51 milhões de sacas de 60 kg pela Organização Internacional do Café (OIC), o que representa uma alta de 4,8% em relação ao ciclo anterior. Conforme relatório mensal da entidade que tem sede em Londres, a oferta da commodity do tipo arábica aumentou 1,7%, para 101,23 milhões de sacas, enquanto a do robusta cresceu 10,5%, para 62,28 milhões de sacas. "Enquanto a produção se expandiu em todas as regiões produtoras de café, a Ásia e a Oceania experimentaram o maior crescimento, com a produção subindo 8,3%, para 47,95 milhões de sacas", destacou o documento, acrescentando que, na sequência vem México e América Central, onde a produção subiu 4,3%, para 21,34 milhões de sacas. A América do Sul é a maior região produtora e a produção cresceu 3,3%, para 76,98 milhões de sacas, principalmente por causa de Brasil e Colômbia, enquanto a da África aumentou 3,4%, para 17,25 milhões de sacas.  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink