Infocafé de 15/12/21
CI
Imagem: Pixabay
INFOCAFÉ

Infocafé de 15/12/21

A bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira com leve alta
Por:

A bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira com leve alta, a posição março oscilou entre a mínima de -1,50 pontos e máxima de +4,45 fechando com +0,15 pts.

A moeda norte-americana subiu 0,21%, cotada a R$ 5,7055. Para reduzir a intensidade de alta, o Banco Central fez uma nova intervenção no mercado de câmbio, com uma venda de mais US$ 950 milhões em moeda à vista. Na cena externa, o Federal Reserve indicou nesta quarta que vai encerrar o seu programa de estímulo por meio da compra de títulos em março e que deve promover três altas de juros em 2022. Em reunião de política monetária encerrada nesta quarta, o Fed manteve as taxas de juros do país entre zero e 0,25%. Juros mais altos nos Estados Unidos tendem a elevar a rentabilidade de se investir nos títulos soberanos dos EUA. Por aqui, o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), recuou 0,40% em outubro, na comparação com o mês anterior, mostrando que atividade iniciou o quarto trimestre em queda, após o país ter entrado em recessão técnica no 3º trimestre. Fonte: G1.

Depois de apresentar bastante volatilidade durante o pregão, o mercado futuro do café arábica encerrou as cotações desta quarta-feira (15) com valorização técnica para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US).  A preocupação com a oferta menor de café continua sustentando os preços.  A análise internacional do site Barchart voltou a destacar as preocupações com a produção da Colômbia, segundo maior produtor de café arábica do mundo. "O CEO da Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia disse na terça-feira que a produção de café colombiana em 2022 pode cair -7,1/%, depois que fortes chuvas danificaram as safras", afirma. As preocupações com a produção do Vietnã seguem no radar do mercado, apesar da colheita avançando no maior produtor de café tipo conilon do mundo. A preocupação do país asiático é em relação ao envelhicimento do parque cafeeiro, que vem afetando a produtividade do conilon nas principais áreas de produção do país. No Brasil, as previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) sinalizam para bastante chuva nos próximos dias nas áreas de café tipo arábica. No começo desta semana as cotações voltaram a subir com suporte nas chuvas abaixo da média. Além disso, o setor torce para que as chuvas continuem regulares no mês que vem, fase de enchimento de grãos da safra 22. No Brasil, o dia foi marcado por estabilidade nas principais praças de comercialização do país. Para noticia completa acesse: https://cutt.ly/AYBc26u


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.