Infocafé de 16/04/19

Infocafé

Infocafé de 16/04/19

O dólar comercial fechou em alta de 0,85%, cotado a R$ 3,9020
Por:
19 acessos

A bolsa de N.Y finalizou a terça-feira em baixa, a posição maio oscilou entre a máxima de +0,15 pontos e mínima de -1,60 fechando com -0,90 pts.

O dólar comercial fechou em alta de 0,85%, cotado a R$ 3,9020. Investidores estavam cautelosos após incertezas sobre a votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Pelo acordo de líderes, a votação ficaria para a próxima semana, mas o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), ainda tenta votar a proposta na comissão nesta semana. Ontem, após uma inversão da pauta, que inicialmente trazia a Previdência como primeiro item, os deputados da comissão aprovaram a PEC do Orçamento impositivo, que seguirá agora para uma comissão especial antes de ser enviada ao plenário da Câmara.

Com isso, atrasaram as discussões sobre a Previdência. A reforma previdenciária é considerada pelo mercado financeiro como fundamental para o governo equilibrar as contas públicas.

O crescimento no consumo de café no Brasil neste ano tende a ser mais "moderado" e talvez seja um pouco menor que o do ano anterior, quando houve uma alta anual de quase 5 por cento nas vendas no embalo da maior demanda por grãos especiais. Ainda que o café seja um produto do dia a dia no país, segundo consumidor global da commodity, atrás dos Estados Unidos, um crescimento maior da economia poderia dar um impulso adicional à demanda, em meio a preços mais baixos, na avaliação do setor. "Prevemos um crescimento moderado no consumo.

Talvez cresça um pouco menos do que no ano passado... mas, se não repetir, fica próximo", disse nesta segunda-feira o presidente da Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic), Ricardo Silveira, durante evento que destacou produtores e indústrias participantes de um concurso dos melhores cafés do Brasil. Em seguida, Silveira emendou dizendo que não acredita que o consumo de café da temporada atual atinja os 4,8 por cento registrados no último ano, o maior ritmo de crescimento visto desde 2006. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink