Infocafé de 19/04/21
CI
Imagem: Pixabay
INFOCAFÉ

Infocafé de 19/04/21

A bolsa de N.Y. finalizou a segunda-feira em alta
Por:

A bolsa de N.Y. finalizou a segunda-feira em alta, a posição julho oscilou entre a mínima de -0,10 pontos e máxima de +2,40 fechando com +0,70 pts.A moeda norte-americana recuou 0,65%, vendida a R$ 5,5480. Do lado doméstico o clima de incerteza - e de expectativa - se mantinha. A novela envolvendo o Orçamento de 2021 - considerado inexequível na forma como aprovado pelo Congresso, com subestimativa de despesas obrigatórias - dominou o foco dos mercados, que ficavam à espera de uma resolução.

"Devemos ter uma solução para o Orçamento essa semana", disse em post no Twitter Rafaela Vitoria, economista-chefe do Banco Inter. "Além do esperado acordo, o controle da pandemia e reabertura da economia devem melhorar as perspectivas para o resultado fiscal", acrescentou, mas ressaltou que essas previsões dizem respeito apenas ao curto prazo, uma vez que o país pode voltar a apresentar riscos às contas públicas este ano e em 2022. Thiago Andrade, sócio da Athena-BGA Investimentos, disse à Reuters que a "pressão (sobre o real) pelo risco fiscal vai continuar". "Não acho que vamos ter um real mais valorizado por um bom tempo, a não ser que fatores internacionais afetem o mercado doméstico." Andrade chamou atenção para dados mostrando que a atividade econômica brasileira registrou o nível mais forte de expansão em sete meses em fevereiro, no décimo mês seguido de crescimento, segundo dados do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br). Segundo ele, o resultado promissor pode ser um fator de alívio para a moeda brasileira nesta segunda-feira.

O consumo de café em nível mundial, previsto para o ano-cafeeiro 2020-2021, deverá ultrapassar o equivalente a 166 milhões de sacas de 60kg, volume que representa um aumento de 1,3%, se comparado ao consumo mundial do ano-cafeeiro anterior. Em relação aos países importadores de café, o consumo deverá atingir o equivalente a 115,96 milhões de sacas neste ano-cafeeiro 2020-2021. E o consumo interno dos países exportadores de café deverá ser o equivalente a um volume de 50,66 milhões de sacas. Em nível mundial, houve incremento no consumo de café, no período objeto desta análise (2020-2021), na Europa, com 54,35 milhões de sacas, volume que representou um aumento de 1,2% ao período anterior, assim como na Ásia & Oceania, cujo consumo foi de 36,50 milhões de sacas (aumento de 1,4%), e também na América do Norte (30,99 milhões de sacas e crescimento de 1,4%), América do Sul (27,18 milhões de sacas e aumento de 1%), África (12,24 milhões de sacas, com 1,8%) e, finalmente, México e América Central que teve incremento de 0,2% e deverá registrar consumo de 5,64 milhões de sacas. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink