Infocafé de 23/04/19

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Infocafé

Infocafé de 23/04/19

O dólar comercial fechou o dia em queda de 0,26%, cotado a R$ 3,9220
Por:

N.Y. finalizou a terça-feira em alta, a posição ?julho oscilou entre a mínima de -1,45 pontos e máxima de +1,25 fechando com +0,40 pts.

O dólar comercial fechou o dia em queda de 0,26%, cotado a R$ 3,9220. Investidores concentraram as atenções na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados, que discute hoje a reforma da Previdência. A expectativa é que o parecer seja votado hoje na comissão. Líderes do governo afirmaram que o texto está pronto para ser aprovado, depois de um acordo feito com partidos da base aliada e do chamado Centrão, que reformulou quatro pontos da proposta original.

Membros da oposição, porém, continuaram trabalhando para tentar atrasar a votação, questionando o sigilo do governo sobre documentos e dados usado para embasar a reforma. A CCJ, primeira parada da proposta de reforma da Previdência no Congresso, tem a função de dizer se o projeto apresentado pelo governo respeita ou não a Constituição. Prevista para a semana passada, a votação na comissão foi adiada após a base governista temer não conseguir votos suficientes para a aprovação.

As exportações dos Cafés do Brasil, no primeiro trimestre de 2019, atingiram 9,97 milhões de sacas e receita cambial de US$ 1,30 bi, com o preço médio da saca de 60kg a US$ 131,08. Desse volume total exportado, 8,58 milhões de sacas foram de café arábica, 529,89 mil sacas de café robusta, 845,15 mil sacas de solúvel e apenas 3,13 mil sacas de 60kg de café torrado e moído.

A despeito de ter havido um acréscimo expressivo no volume das exportações de 25,7% neste primeiro trimestre de 2019, se comparado com o mesmo período de 2018, o preço médio obtido por saca representou um decréscimo de 18,2%. Com base na performance objeto desta análise das exportações de café no primeiro trimestre de 2019, pode-se estimar que se tais números forem extrapolados para o ano civil em curso, as vendas dos Cafés do Brasil para o exterior poderão atingir um recorde histórico de 40 milhões de sacas de 60kg neste ano. Entretanto, especificamente em relação ao desempenho do primeiro trimestre, constata-se que o ranking dos dez principais destinos dos Cafés do Brasil foram, em primeiro lugar, os Estados Unidos com a importação de 1,8 milhão de sacas de café (18,2%), em segundo vem a Alemanha com 1,7 milhão de sacas (17,2%), e, em terceiro, a Itália, com 1 milhão de sacas (10,5%).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink