Inovações auxilia na produção de café no Brasil
CI
Imagem: Pixabay
CAFEICULTURA 4.0

Inovações auxilia na produção de café no Brasil

Combinação de máquinas e processos digitais cresce no setor cafeeiro
Por: -Aline Merladete

As ferramentas digitais estão ganhando destaque no setor cafeeiro agregando valor e auxiliando nos processos de decisão. A combinação de máquinas e processos digitais cresce no setor cafeeiro e resulta em benefícios tanto para o produtor quanto para o consumidor.

De acordo com as informações divulgadas pela assessoria de imprensa, chamado de Cafeicultura 4.0, o novo modelo de produção que se apoia em um conjunto de tecnologias inteligentes será destaque na Semana Internacional do Café 2020, maior evento do setor no Brasil. O  conceito 4.0 foi criado pelo alemão Klaus Schwab e define o momento atual no qual as tecnologias digitais trabalham em sinergia com as máquinas, gerando dados importantes para tomada de decisões e otimização das atividades. Na cafeicultura, os recursos para a coleta dessas informações são diversos. Entre eles, sensores, drones e satélites. De acordo com o especialista, o cruzamento das informações armazenadas em Big Data permite, por exemplo, o melhor cuidado com a muda para que ela expresse toda sua genética com recursos adequados, diminuindo custos. “Esse cenário nos permite saber o ‘onde’, ou seja, o mapeamento de uma região e suas características. Uma máquina georreferenciada ligada em satélite, que esteja anexada a um trator, pode promover uma adubação mais eficiente evitando plantas subalimentadas ou super alimentadas, gerando ainda uma economia de 20% a 40% nesse processo”, afirma Marques.

E, se por um lado o consumidor está cada vez mais exigente querendo saber de todo o processo de produção do café, por outro, o produtor também está mais preocupado com o caminho que seu produto vai percorrer até seu cliente. Nesse cenário, as tecnologias também auxiliam nos processos de armazenamento e de distribuição, permitindo toda a rastreabilidade do produto. “As tecnologias permitem uma melhor gestão em todos os elos da cadeia produtiva de café e um trabalho diferenciado, proporcionando melhor rentabilidade e qualidade no mercado de café”, finaliza Marques.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink