Instituição francesa conhece propriedades orgânicas em São Paulo

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Agricultura

Instituição francesa conhece propriedades orgânicas em São Paulo

Instituição francesa de pesquisa agronômica e de cooperação para o desenvolvimento e Édson Luis Bolfe
Por:

Denis Sautier, do CIRAD, instituição francesa de pesquisa agronômica e de cooperação para o desenvolvimento e Édson Luis Bolfe, da Secretaria de Inteligência e Gestão Estratégica (SIRE) da Embrapa, estiveram na Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) em 26 de abril, para conhecerem experiências de produção de base ecológica que desenvolvem comercialização em circuitos curtos na região metropolitana de Campinas.

Conforme a pesquisadora Lucimar de Abreu, organizadora da visita, foram selecionadas unidades de produção caracterizadas por sistemas inovadores de uso do ambiente, paisagens e estratégias agroalimentares de valoração da produção em circuitos curtos de comercialização.

"Nessas unidades de produção ocorrem práticas de agregação de valor associadas ao inventário cultural de saberes dos próprios produtores e de conhecimento científico de base moderna e ecológica", explica Lucimar. "Trata se de empresas familiares orgânicas e produtores familiares em processos de transição, que integram a diversidade social da agricultura familiar da Região Metropolitana de Campinas".

"Além disso, complementa a pesquisadora, a discussão do tema é uma oportunidade para apresentarmos a experiência de pesquisa da Embrapa Meio Ambiente neste campo e articular parcerias institucionais".

A programação contou com as visitas a Vila e Fazenda Yamaguishi (Jaguariúna, SP) com apresentação das atividades  desenvolvidas por Romeu Leite, Diretor da Fazenda e da Associação de Agricultura Natural de Campinas (ANC), a Fazenda Nata da Serra, com 100ha com produção de leite, queijos, iogurtes, entre outros produtos, com encontro com o proprietário, o engenheiro agrônomo Ricardo Schiavinato, que iniciou a transição para o sistema orgânico na década de 90, a Fazenda de Café da Senhora Silvia, também em Serra Negra, SP, onde são desenvolvidas relações sociotécnicas para agregar valor à produção do café.

No fim do dia, os participantes foram até a Feira Pé na Roça (CIS- Guanabara, em Campinas), local onde são comercializados produtos orgânicos da região.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink