Instituto de Engenharia completa 100 anos lançando rede logística para desafogar gargalos do agronegócio

Agronegócio

Instituto de Engenharia completa 100 anos lançando rede logística para desafogar gargalos do agronegócio

Instituto anunciou durante o evento um plano de logística para desafazer gargalos e impulsionar o agronegócio 
Por:
1930 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Instituto anunciou durante o evento um plano de logística para desafazer gargalos e impulsionar o agronegócio 

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, representou o governador Geraldo Alckmin na sessão solene em homenagem ao centenário do Instituto de Engenharia de São Paulo, realizada na noite do último dia 24, na Assembleia Legislativa paulista, na Capital. O Instituto anunciou durante o evento um plano de logística para desafazer gargalos e impulsionar o agronegócio brasileiro.

Idealizador de projetos como o uso do álcool como fonte de energia, o primeiro avião nacional e o metrô de São Paulo, o Instituto de Engenharia recebeu elogios do secretário, que é engenheiro civil, por sua relevante atuação ao longo deste centenário. Uma importância representada pelo prestígio que recebeu de seus convidados na cerimônia.

“O governador Geraldo Alckmin manda seu abraço às amigas e aos amigos engenheiros e, para isso, pediu que três de seus secretários viessem aqui fazer isso”, atentou Arnaldo Jardim ao falar sobre as presenças dele, de Mônica Porto (Saneamento e Recursos Hídricos) e João Carlos de Souza Meirelles (Energia e Mineração). “Aproveito para reiterar o grande abraço do governador e o nosso orgulho do Instituto de Engenharia”, completou Arnaldo Jardim.

O presidente do Instituto, Camil Eid, lembrou da importância da engenharia na vida das pessoas, aproveitando para anunciar o lançamento de uma rede logística pensada para desfazer os gargalos identificados no escoamento da agropecuária brasileira – encarecendo o produto do País no mercado internacional. A iniciativa inclui ferrovias – com prioridade para a Norte-Sul -, investimentos em portos e a importante ligação com modais. “O Instituto de Engenharia está com isso buscando sua inserção na 4ª revolução industrial. É a engenharia 4.0”, explicou o presidente.

Três decanos da engenharia brasileira foram premiados na sessão solene: Ion de Freitas, criador do curso de Engenharia de Transportes da Universidade de São Paulo (USP); Haroldo Jezler, organizador e presidente da Companhia Metropolitana de Água de São Paulo (atual Sabesp); e Peter Geisler, especialista em energia.

Falando em nome dos três, Geisler disse que o Instituto tem outros muitos engenheiros tão merecedores do prêmio quanto os três. “Nós homenageados sabemos que muitos outros engenheiros poderiam ter sido escolhidos. Por isso estamos os três muito honrados”, agradeceu.

Em construção

O evento foi momento ainda de buscar a engenharia como forma de retomada do crescimento brasileiro e destacar a importância que ela tem na economia do Brasil. “Espero que as comemorações despertem na sociedade o planejamento da infraestrutura brasileira, caminho para a retomada do desenvolvimento do País”, apontou o deputado estadual Roberto Massafera, autor da inciativa de realizar a sessão solene pelo centenário do Instituto de Engenharia de São Paulo.

Uma entidade que desperta fascínio nos estudantes de engenharia, como destacou o secretário Meirelles, que também é engenheiro civil. “É um instituto que tem uma grande capacidade de mobilização da engenharia. Nós fazemos tudo o que existe”, finalizou.

Fundado em 1916, o Instituto de Engenharia é uma sociedade civil sem fins lucrativos e referência de confiabilidade. Seu quadro de associados é constituído por personalidades importantes da engenharia, firmando-se como uma das mais conceituadas entidades do ramo no Brasil.

Em sua sede, no Bairro da Vila Mariana, em São Paulo, são realizados diversos eventos, cursos, palestras e organizadas visitas técnicas com o objetivo de promover a troca de informações e o desenvolvimento da qualidade e da credibilidade dos profissionais, a valorização da engenharia e o avanço científico e tecnológico do País.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink