Campo

Interiorização do Sistema Farsul percorreu mais de cinco mil quilômetros

Troca de informações foi o principal objetivo do projeto que iniciou em fevereiro e contou com doze etapas por todas as regiões do Rio Grande do Sul
46 acessos

O primeiro ciclo de reuniões do processo de interiorização “Sistema Farsul em Campo” teve seu último encontro nesta semana, em São Luiz Gonzaga. Diretoria e assessoria da Farsul, Senar-RS e Casa Rural percorreram mais de cinco mil quilômetros cobrindo o estado em encontros com sindicatos rurais e produtores. A troca de informações foi o principal objetivo do projeto que iniciou em fevereiro e contou com doze etapas por todas as regiões do Rio Grande do Sul.

Os encontros tinham duração de um dia, divididos em dois momentos. Pela manhã, eram apresentadas as atividades e ações desenvolvidas pelas assessorias sindical, jurídica, ambiental, parlamentar e econômica. As palestras abordavam temas como Funrural, Mercosul, licenciamentos, legislação trabalhista, contribuição sindical entre outros. 

A segunda parte era reservada para uma conversa entre a diretoria do Sistema Farsul e representantes dos sindicatos rurais e produtores. Na pauta, o novo momento passado pelo sindicalismo, estrutura e forma de gestão da Federação, reformatação do Senar-RS e serviços da Casa Rural. Críticas e sugestões também contribuíram para os debates que se estendiam até o fim da tarde.

O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, faz uma avaliação positiva da interiorização. “Eu acho que pelas trocas de ideias que tivemos com os produtores e presidentes dos sindicatos rurais, foi um programa amplamente compensador para ambos os lados”, comenta. “Primeiro, porque o Sistema Farsul levou sua ações para um produtor que não tinha esse tipo de conhecimento. Em contrapartida, nós também estamos recebendo as informações dos sindicatos e produtores rurais. É uma via de mão dupla que engrandece o sistema sindical como um todo”, completa.

Ouça entrevista com o presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink