Intervenção do governo pode ser insuficiente para o algodão

Agronegócio

Intervenção do governo pode ser insuficiente para o algodão

Por:
1 acessos

A intervenção do governo no mercado de algodão, por meio da realização de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP), poderá ser inócua para os preços do mercado. Segundo analistas, os leilões do governo estão ocorrendo em um momento em que a indústria está abastecida.

Apesar disso, já está confirmado para a próxima terça-feira leilão para 10 mil toneladas, nas mesmas condições do de ontem. Ao contrário do remate anterior, que não teve procura, ontem metade do volume ofertado foi negociado. A demanda melhor foi determinada pelo aumento no prêmio ofertado, que passou R$ 4,05 para R$ 6,30 por arroba. "Esperamos que surta efeito e garanta o preço mínimo ao produtor", afirma José Maria dos Anjos, diretor do Departamento de Abastecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

No total foram negociadas 5.072 toneladas, sendo a maior parte para o Mato Grosso (4.116 toneladas) e Mato Grosso do Sul (650 toneladas). Não houve ágio no leilão.

Para o consultor Miguel Biegai Júnior, da Safras & Mercado, o aumento do prêmio e um tempo maior para a entrada das indústrias no leilão determinaram a procura de ontem. "O prêmio foi satisfatório, mas não 100%", avalia Antônio Carlos Rego Freitas, da Horus Consultoria. "O leilão foi melhor, mas abaixo da expectativa dos produtores", afirma Lucílio Alves, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea/USP).

Entre o primeiro leilão e o segundo, o preço do produto, que está em queda há meses, continuou em linha descendente. Em uma semana, a variação, segundo o índice do Cepea foi de 6%. O produto está cotado a R$ 1,26 a libra-peso, abaixo do mínimo de garantia do governo, que é de R$ 1,35 a libra-peso. "As indústrias estão próximas ao período de férias coletivas", afirma Alves. Segundo ele, o governo deveria ter realizado os leilões. O pesquisador explica que a baixa nas cotações, apesar do remate, ocorreu porque o produtor está precisando vender para cumprir compromissos.

De acordo com os analistas, os preços do algodão estão em baixa no Brasil porque a commodity acumula queda no mercado internacional e há excesso de oferta internamente. Estima-se que até o momento tenham sido comercializadas quase 80% da safra 2003/04, avaliada em 1,27 milhão de toneladas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink