Ipem encontra irregularidades no feijão e no arroz no PR
CI
Agronegócio

Ipem encontra irregularidades no feijão e no arroz no PR

A operação foi realizada em todo o Estado, nos meses de setembro e outubro, e foi responsável por pré-exames em mais de 13 mil itens em locais de revenda e 170 nos laboratórios do instituto
Por:

Técnicos do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) do Paraná concluíram nesta semana a operação especial "Cesta Básica". Os produtos nos quais foram constatadas mais irregularidades, dentre os cereais, foram o feijão e o arroz, constata o gerente de Pré-Medidos, Sergio Camargo. A operação – explicou – fez a análise quantitativa nos produtos que compõem a cesta básica formada, conforme critérios do Dieese.

A operação foi realizada em todo o Estado, nos meses de setembro e outubro, e foi responsável por pré-exames em mais de 13 mil itens em locais de revenda e 170 nos laboratórios do instituto. Foram lavrados 67 autos de infração por falta quantitativa no produto e outros 16 por irregularidades na embalagem – falta de indicação ou erro formal. Foram visitados aproximadamente 200 estabelecimentos comerciais.

Entre os produtos analisados, estavam, além do feijão e do arroz, açúcar, café, leite, biscoitos, óleo de soja, sal, massas, farinha de trigo, e carnes bovina, suína e de frango.

Umidade

Os responsáveis pelo acondicionamento dos produtos têm 10 dias úteis, facultados pela lei, para apresentar defesa prévia. "Provavelmente a explicação técnica dos acondicionadores em sua defesa será a questão da umidade, fator pelo qual já são orientados a fim de evitar essas irregularidades", salienta Camargo.

Neste ano, se comparado com 2007, o número de autuações foi em torno de 370% maior, uma vez que o período da realização da operação e o número de estabelecimentos visitados também foram maiores. No ano passado, a operação foi realizada em pouco mais de um mês e em 150 estabelecimentos. Foram analisados, em locais de revenda, 3.785 itens, aumento em torno de 350% de produtos verificados. No total, foram lavrados 22 autos de infração.

Atenção

Apesar de a fiscalização de produtos alimentícios fazer parte da rotina dos fiscais do Ipem, o gerente alerta para que, na hora da compra, as pessoas aproveitem a disponibilidade de instrumentos de pesagem nos estabelecimentos comerciais para fazer sua própria conferência nos produtos que estiverem sendo adquiridos.

"Ocorre de alguns dos itens já poderem apresentar diferença de valor até mesmo sem o desconto de sua embalagem", afirma Camargo.

Reprovados

Foram reprovados, em Curitiba: açúcar refinado Diana; feijão cores tipo 1 Guzzo; macarrão ave maria Santa Clara; arroz tipo 1 Rincão; feijão preto tipo 1 Porteira Grande; biscoito sabor coco Canário; feijão cores tipo 1 Caldoso; arroz branco tipo 1 Tio Urbano; biscoito sabor chocolate Trakinas; feijão preto Vovo Zira; feijão cores tipo 1 Imperial; café extra forte Amanhecer; arroz parbolizado tipo 1 Alfinete; biscoito rosquinha Rasmusen; farinha de trigo tipo 1 Mercadorama; farinha de trigo tipo 1 Alvalade, e arroz branco tipo 1 Primor.

Em Guarapuava: açúcar cristal Bratti; feijão preto tipo 1 Bocabem; feijão carioquinha tipo 1 Caldão; arroz parbolizado tipo 1 N.S. Aparecida; feijão carioquinha tipo 1 Boni; arroz parbolizado tipo 1 Carol; biscoito recheado sabor chocolate Turmix; arroz parbolizado tipo 1 Mavil; e feijão preto tipo 2 Copragel.

Em Londrina: biscoitos tortinhas de limão Sonho Meu Mabel; biscoito salgado bel cracker Mabel; biscoito doce sabor coco Mabel; e açúcar cristal Band.

Em Maringá: Leite UHT integral Frimesa; leite UHT integral Terra Viva; leite UHT integral Aurolat; macarrão talharim caseiro Sabor Sul; biscoito recheado de chocolate Trakinas; biscoito recheado chantily e geléia de morango Mousse; biscoito wafer chocolate Bauduco; biscoito wafer morango Passatempo; café torrado e moído Trivial; café torrado e moído Forte; café cru em grãos Pallaro; sal refinado e iodado Pop; sal refinado e iodado Mais Vida;manteiga extra com sal Président; arroz polido T-1 Grande cidade; arroz polido T-1 Martinélli; feijão cores tipo 1 Grego; feijão cores tipo 1 Pantaneira; feijão cores tipo 1 Legrand; feijão preto tipo 1 Ourinhos; feijão preto tipo 1 Guzzo; feijão preto tipo 1 Ferreira; feijão preto tipo 1 Condor; macarrão gravata Specialitá Maltagliati; e macarrão spaghetti Condor.

Em Cascavel: farinha de trigo Consolata; farinha de trigo Sol; farinha de trigo Talita; biscoito doce sabor coco Karina; carne de frango Seva; feijão cores Bocabem; feijão preto Sertanejo; arroz integral Kintegral; arroz parbolizado Faxinal; margarina Primor e açúcar cristal Cristalband.

Em caso de dúvidas e/ou denúncias, o consumidor deve ligar para a Ouvidoria do Ipem/PR no telefone 0800 645 0102.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.