Japão aumenta importação de carne de frango cozida
CI
Agronegócio

Japão aumenta importação de carne de frango cozida

País deve reduzir as importações do produto em cerca de 6% - de 895 mil toneladas para 840 mil toneladas
Por:
Campinas - Recuperada das crises causadas, em 2011, por surtos de Influenza Aviária, mas principalmente pelo terremoto seguido de tsunami, a avicultura de corte japonesa deve produzir neste ano cerca de 1,270 milhão de toneladas de carne de frango, 3% a mais que no ano passado.

Mas, às voltas ainda com problemas econômicos, o país deve reduzir as importações do produto em cerca de 6% - de 895 mil toneladas para 840 mil toneladas, prevê o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

Mas o que mais chama a atenção nos dados que acabam de ser divulgados pelo USDA é o fato de as importações japonesas de carne de frango cozida virem aumentando rapidamente. A ponto de, no primeiro semestre de 2012, praticamente se igualarem em volume ao que foi importado de carne de frango in natura.

Nos seis primeiros meses deste ano, as importações japonesas de carne de frango somaram 417.823 toneladas, ou seja, corresponderam, praticamente, a 50% das importações totais previstas pelo USDA para o corrente exercício. E, desse volume, carne de frango in natura e cozida participaram quase meio a meio.

O detalhe é que a carne cozida provém, quase na totalidade, de dois países vizinhos, China e Tailândia. Ou seja, pelo menos o frete é bem mais barato que o incidente sobre as importações de, por exemplo, Brasil, EUA ou Chile. Daí, com certeza, o fato de o volume de carne de frango cozida aumentar quase 5%, enquanto o do produto in natura recuou mais de 8% no semestre.

O grande senão, nessa história, é que o Brasil é o principal fornecedor do produto in natura para o mercado japonês e tem o Japão como um de seus maiores importadores.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink